tempestade

Balanço de inundações nas Filipinas sobe para 25 mortes

Dezenas de milhares de pessoas precisaram abandonar suas casas depois que as chuvas inundaram vilarejos rurais e rodovias no dia de Natal; vinte e seis pessoas continuam desaparecidas e nove ficaram feridas

Por Agência
Publicado em 28 de dezembro de 2022 | 08:38
 
 
 
normal

O balanço de mortes provocadas pelas inundações nas Filipinas subiu para 25, informaram nesta quarta-feira (28) as autoridades do país, no momento em que a meteorologia prevê mais chuvas para as regiões sul e central do arquipélago.

Pelo menos 13 pessoas morreram, a maioria por afogamento, na província de Misamis Ocidental, na ilha de Mindanao (sul), anunciou a agência nacional de gestão de desastres. Até terça-feira, o balanço das inundações no país registrava 12 mortes. Vinte e seis pessoas continuam desaparecidas e nove ficaram feridas.

Dezenas de milhares de pessoas precisaram abandonar suas casas depois que as chuvas inundaram vilarejos rurais e rodovias no dia de Natal, prejudicando as festas no país, de 100 milhões de habitantes e maioria católica.

A meteorologia prevê chuvas de moderadas a fortes no sul e centro do país até quinta-feira, consequência de um sistema de baixa pressão perto do litoral que pode virar uma depressão tropical.

"Há possibilidades de inundações e deslizamentos de terra", afirmou a agência meteorológica. As autoridades anunciaram esforços para socorrer os moradores em áreas afetadas pelas inundações, que obrigaram 81.000 pessoas a procurar abrigos.

O país é considerado um dos mais vulneráveis ao impacto das mudanças climáticas. Os cientistas alertam que as tempestades e eventos extremos estão se tornando mais comuns e perigosos à medida que a temperatura global aumenta. (AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!