Reino Unido

Com dor de garganta, criança morre após surto de bactéria em escola

Jovem contraiu bactéria conhecida como estreptocócica do Grupo A que geralmente causa dor de garganta ou erupção cutânea. Ela transmitida por contato físico ou por gotículas de espirro ou tosse

Por O TEMPO
Publicado em 24 de novembro de 2022 | 19:29
 
 
 

Uma criança, de 6 anos, morreu após um surto de bactéria em uma escola primária em Surrey, no Reino Unido. O caso foi divulgado na tarde desta quinta-feira (24).

Segundo a Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido (UKHSA - sigla em Inglês), a criança, que não teve a identidade revelada, foi contaminada por um tipo raro da bactéria estreptococos. Além dela, outro estudante da instituição de ensino foi encaminhado para o hospital da região. 

O órgão informou também por meio de nota que deu início à investigação epidemiológica do caso.

“Especialistas estão providenciando a oferta de antibióticos a alunos e funcionários de uma escola de Surrey como medida de precaução, após dois casos de infecção invasiva por estreptococos do grupo A. Infelizmente, um aluno da Escola Primária Ashford Church of England morreu e outro está no hospital, mas mostrando sinais positivos de recuperação”, diz o comunicado.

Em entrevista ao tabloide britânico Dailymail, Claire Winslade, consultora de proteção à saúde da UKHSA South East, esclareceu que a infecção com a bactéria Streptococcus do Grupo A geralmente causa dor de garganta ou erupção cutânea.

 Além disso, informou que a doença é transmitida por contato físico ou por gotículas de espirro ou tosse. 

“Em casos muito raros, a infecção pode se tornar invasiva e entrar em partes do corpo onde as bactérias normalmente não são encontradas, o que pode ser grave”, explicou. 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!