Campeã

Finlândia é hexa como país mais feliz do mundo e quer ensinar o segredo em aulas

Masterclass of Happiness vai acontecer em um resort no país em junho de 2023 e oferece gratuitamente passagem, hospedagem e quatro dias de aulas

Por Agências
Publicado em 20 de março de 2023 | 20:01
 
 
 
normal

Figurando pelo sexto ano consecutivo como campeã do ranking de felicidade World Happiness Report, cuja edição 2023 foi divulgada nesta segunda-feira (20) pela ONU, a Finlândia está lançando um curso para ensinar os estrangeiros a serem felizes como são seus cidadãos.

O "Masterclass of Happiness" vai acontecer em um resort no país em junho de 2023 e oferece gratuitamente passagem, hospedagem e quatro dias de aulas a dez escolhidos pela Business Finland, agência do governo que cuida também do turismo no país.

"A experiência reunirá os sortudos participantes e treinadores especializados que os guiarão em direção a um estilo de vida equilibrado que o ajudará a ser feliz do jeito finlandês. O treinamento abrange quatro temas principais: natureza e estilo de vida, saúde e equilíbrio, design e cotidiano e alimentação e bem-estar", diz um comunicado no site que está recebendo as inscrições --elas podem ser feitas até 2 de abril.

Após o cadastro, o participante é convidado a gravar um vídeo que postará em sua própria conta no Instagram ou no TikTok, usando as hashtags #FindYourInnerFinn e #Visitfinland.

Em entrevista à reportagem, a diretora de marketing da Business Finland, Heli Jimenez, disse que o fato de seu país estar em primeiro lugar no ranking há tanto tempo não é coincidência, mas sim consequência de um trabalho específico. "A felicidade deve ser um objetivo político. A Finlândia acredita que alegria, contentamento e satisfação não acontecem simplesmente. Construir a cultura e as instituições sociais necessárias oferece às pessoas uma estrutura sobre a qual construir sua felicidade", afirmou.
"Altos níveis de confiança e liberdade ajudam a explicar a felicidade finlandesa", continua Jimenez. "Finlandeses tendem a confiar em vizinhos, funcionários públicos e no governo. Tanto os indivíduos quanto as instituições têm altos níveis de liberdade. A Finlândia é altamente ranqueada em liberdades política, civil e de imprensa."

Questionada se o frio glacial da Finlândia --assim como o de seus vizinhos Dinamarca (2º lugar no ranking), Islândia (3º), Suécia (6º) e Noruega (7º)-- poderia ajudar a explicar tamanha felicidade, ela discorda.

"Eu diria que a correlação das condições climáticas com o nível de felicidade é uma coincidência. Os finlandeses são uma nação calorosa, e não consideramos o tempo frio um desafio, mas sim uma questão de usar roupas apropriadas. Dito isso, o hábito finlandês de mergulhar em buracos no gelo no inverno provou ter benefícios para a saúde, o que, naturalmente, aumenta o nível de felicidade."

(Ivan Finotti/Folhapress)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!