Maus-tratos

Homem denuncia escola por trancar criança de 7 anos em gaiola

Homem afirma que menino foi castigado por mau comportamento na escola

Por O TEMPO
Publicado em 03 de julho de 2023 | 13:48
 
 
 
normal

Um homem denunciou pelas redes sociais uma escola de Rembau, na Malásia, por trancar uma criança de 7 anos em uma gaiola, como castigo, por mau comportamento na escola. 

Na denúncia, Azuan Abd Ghafar, de 30 anos, compartilhou capturas de tela de conversas em um aplicativo de mensagens, do dia 27 de junho, e questiona a instituição de ensino da existência da gaiola no local. Além disso, menciona que um garoto, de 7 anos, aluno da primeira série, foi colocado dentro do local.

"O que é isso? Vocês trancaram um garoto da primeira série em uma gaiola de ferro? Não importa como o aluno se comportou, o professor não deve agir fora dos limites", escreve.

"No grupo de WhatsApp — que tem pais e professores da escola —, fomos informados que a criança estava brincando na aula. Ele não parava quieta e ficava perturbando os amigos e resolveram colocá-lo dentro da gaiola", disse Azuan ao jornal malaio The Star.

Azuan acredita que os professores não devem recorrer a punições tão severas: "É irresponsável colocar a criança em uma gaiola. Nessa idade, espera-se que sejam travessos às vezes e colocá-los em gaiola é maus-tratos".

Na entrevista, o homem revelou que a gaiola de metal foi feita para cercar uma caixa de fusíveis. "As crianças não são colocadas em uma gaiola qualquer. É perigoso. Não sei o que acontecerá se as crianças brincarem com ela".

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!