Crime Sexual

Homem é condenado após dar sêmen para esposa colocar em torta e dar para alunos

Dennis Perkins se declarou culpado de todos os crimes e alegou que já foi perdoado por Jesus Cristo

Por O Tempo
Publicado em 07 de janeiro de 2023 | 16:08
 
 
 

Um homem foi condenado a 100 anos de prisão na última terça-feira (1) em Louisiana, nos Estados Unidos. Ele se declarou culpado de vários crimes sexuais, incluindo dar sêmem para a esposa utilizar em torta distribuída para alunos dela. 

Dennis Perkins tem 46 anos de idade e, após a sentença, alegou que já foi perdoado. "Eu só quero fazer esta declaração: Jesus Cristo me perdoou. E eu sou grato por isso. E espero e oro para que qualquer pessoa afetada também encontre perdão e cura por meio de Jesus Cristo", alegou. 

Durante o julgamento, várias declarações fortes foram ditas. Uma das vítimas afirmou que espera que o agressor "passe o resto de seus dias vivendo com medo". Outra manifestou seu ódio com desprezo: "Você absolutamente não vale o meu tempo. Em vez de proteger, você escolheu o abuso. Tenha uma boa vida na prisão".

Entenda o caso

Tanto Dennis, que é um ex-vice-xerife, quanto sua então esposa Cynthia, 37, foram investigados por produção de pornografia infantil. 

Cynthia foi condenada a 41 anos de prisão depois de se declarar culpada de participar dos crimes. Depois disso, ela testemunhou contra o marido e declarou que foi psicologicamente conduzida a cometer os crimes por ele. 

O caso veio à tona em 2019, quando o casal foi preso, Dennis expulso da polícia e Cynthia demitida da escola. Logo, em seguida ela pediu o divórcio. (Com informações de Extra Not Found)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!