Hong Kong

Influenciador que escalava prédios ao redor do mundo morre ao cair de 68º andar

O escalador francês era famoso nas redes sociais por filmar suas escaladas em arranha-céus e fazer de selfies radicais no topo de estrutura.

Por O TEMPO
Publicado em 01 de agosto de 2023 | 14:44
 
 
 

O francês Remi Lucidi, de 30 anos, morreu quando tentava uma acrobacia no Tregunter Tower, um edifício de 68 andares, em Hong Kong. O  escalador era famoso nas redes sociais por filmar suas escaladas em arranha-céus e fazer de selfies radicais no topo de estruturas.

Segundo a mídia local, incluindo o jornal "South China Morning Post", Rémi Enigma, como também era conhecido, aparentemente caiu do prédio na área nobre da cidade e o seu corpo foi encontrado estendido no pátio próximo ao edifício.  Conforme a polícia de Hong Kong, nenhuma nota de suicídio foi encontrada no local, e a causa da morte terá de ser verificada por uma autópsia.

De acordo com testemunhas, o escalador  foi visto pela última vez com vida batendo na janela de uma cobertura no 68º andar de uma torre residencial na noite de quinta-feira (28/7).

A última publicação de Lucidi no Instagram foi uma foto da visão noturna de Hong Kong há uma semana. Na postagem, o escalador marcou o local como Times Square, no distrito comercial de Causeway Bay. A foto parecia ter sido tirada de cima.

Fãs e amigos de  Remi Lucidi lamentaram sua morte pelas redes sociais.

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!