conflito

Israel começa a enviar trabalhadores palestinos de volta para a Faixa de Gaza

Quase 18.500 moradores de Gaza tinham autorização para trabalhar no território israelense quando a guerra começou, no entanto, em 10 de outubro todas as permissões foram revogadas

Por Agência
Publicado em 03 de novembro de 2023 | 08:01
 
 
 

Israel começou nesta sexta-feira (3) a enviar "milhares" de trabalhadores palestinos de volta à Faixa de Gaza, território que o país bombardeia de modo incessante há várias semanas, segundo uma fonte palestina.

"Milhares de trabalhadores que estavam bloqueados em Israel desde 7 de outubro", dia do ataque do Hamas em território israelense que desencadeou a guerra, "foram levados de volta à Gaza", afirmou à AFP Hicham Adwan, diretor dos postos de fronteira em Gaza. 

Imagens transmitidas ao vivo pela AFP a partir da cidade vizinha de Rafah mostram pessoas atravessando o posto de fronteira de Karem Abu Salem (chamado de Kerem Shalom do lado israelense), entre Israel e a Faixa de Gaza, no extremo sudeste do pequeno território palestino.

Quase 18.500 moradores de Gaza tinham autorização para trabalhar em Israel quando a guerra começou, segundo as autoridades israelenses. 

Israel revogou em 10 de outubro todas as permissões de trabalho concedidas aos moradores de Gaza, informou uma coalizão de ONGs israelenses de defesa dos direitos humanos. "O Exército e a polícia israelenses prenderam os moradores de Gaza sem qualquer base jurídica", afirmou a coalizão.

Os retornos forçados para a Faixa de Gaza acontecem poucas horas após o anúncio do gabinete de segurança israelense. "Israel corta todos os vínculos com Gaza, não haverá mais trabalhadores palestinos em Gaza".

A Faixa de Gaza está sendo bombardeada sem trégua desde 7 de outubro pelo Exército israelense em resposta ao ataque do Hamas contra Israel, no qual pelo menos 1.400 pessoas foram mortas, segundo as autoridades, a maioria civis. (AFP) 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!