diplomacia

Líderes do G7 reiteram apoio a dois Estados, um israelense e outro palestino

Cúpula dos países mais ricos acordaram restringir as importações de diamantes russos a partir de 2024

Por Agências
Publicado em 06 de dezembro de 2023 | 17:01
 
 
 

Os dirigentes dos países do G7, reunidos por videoconferência, nesta quarta-feira (6), reiteraram seu apoio à criação de um Estado palestino.

"Seguimos comprometidos com um Estado palestino como parte de uma solução de dois Estados que permita tanto a israelenses quanto a palestinos viver em uma paz justa, duradoura e segura", afirmaram em um comunicado.

Os líderes do G7 anunciaram também que acordaram restringir as importações de diamantes russos a partir de 2024 como parte das sanções contra a Rússia pela invasão da Ucrânia.

"Vamos introduzir restrições à importação de diamantes não industriais, extraídos, transformados ou produzidos na Rússia a partir de 1º de janeiro de 2024", afirmaram os líderes em um comunicado após uma cúpula virtual com o presidente ucraniano, Volodimir Zelensky. 

(AFP)
                

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!