Solidão

Mulher passa 2.700 trotes para bombeiros por se sentir só e é presa

Estudos revelaram que quase 1,5 milhão de pessoas no Japão podem estar sofrendo de solidão aguda, com níveis exacerbados pela pandemia da Covid-19

Por O Tempo
Publicado em 19 de julho de 2023 | 16:05
 
 
 

Autoridades de Tóquio prenderam uma mulher após ela ter feito 2.761 ligações de emergências para os bombeiros em Matsudo, na província de Chiba. Ela é acusada de fazer chamadas falsas durante três anos e justificou o ato alegando se sentir muito sozinha. 

Identificada como Niroko Hatagami, 51, ela passou o período fazendo ligações para o Corpo de Bombeiros da cidade sem estar precisando do serviço e nem para indicar alguém que precisasse. 

As ligações foram realizadas entre agosto de 2020 e maio de 2023 do celular da mulher e também de outros números. "Ela admitiu fazer ligações tanto de sua casa quanto de outros locais da vizinhança porque se sentia ‘sozinha e queria alguém para ouvir […] e me dar atenção’, informou a imprensa local.

Entre os assuntos que abordava com os bombeiros ao fazer a ligação, estavam reclamações de dores no estômago, overdose de drogas e dores nas pernas. 

Depois das ligações, os bombeiros seguiam até a residência da mulher, que passava a negar ter feito qualquer chamada e se recusava a ser examinada. Com as repetidas ocorrências, o Corpo de Bombeiros apresentou uma queixa para a Polícia Militar. 

Solidão no Japão

Estudos revelaram que quase 1,5 milhão de pessoas no Japão podem estar sofrendo de solidão aguda, com níveis exacerbados pela pandemia da Covid-19.

O caso de Niroko lembra o de Charlotte Walkinshaw, de Ramsgate, que em agosto de 2022 foi presa por dois anos após fazer mais de 30 chamadas falsas para serviços de emergência. Walkinshaw, que tem 76 condenações anteriores, costumava fingir ser vítima de um crime ou precisar de atenção médica urgente.

A defesa  de Walkinshaw argumentou, à época, que ela sofreu traumas em vários momentos de sua vida, pelos quais o juiz ofereceu "grande simpatia". (Com informações de MetroUK)

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!