Israel x Hamas

ONU se preocupa com o fornecimento de alimentos no conflito

ONU afirmou estar profundamente preocupado com a rápida degradação da situação em Israel e no Estado da Palestina

Por AFP
Publicado em 08 de outubro de 2023 | 14:55
 
 
 
normal

O Programa Mundial de Alimentos (PMA) está "profundamente preocupado" com os problemas de acesso a alimentos básicos nas áreas afetadas pelo conflito entre Israel e o Hamas, especialmente na Faixa de Gaza, anunciou a agência da ONU neste domingo (08).

Em comunicado, o PMA, uma agência da ONU com sede em Roma, afirmou estar "profundamente preocupado com a rápida degradação da situação em Israel e no Estado da Palestina, e com o impacto deste conflito na população afetada".

"À medida que o conflito se intensifica, os civis, incluindo crianças e famílias vulneráveis, enfrentam dificuldades crescentes para acessar alimentos básicos. As redes de distribuição estão interrompidas, e a produção de alimentos está gravemente afetada pelas hostilidades", destacou o PMA.

A organização, que afirma ter reservas de alimentos prontas para distribuir às pessoas deslocadas ou em abrigos, "pede acesso humanitário seguro e sem obstáculos às áreas afetadas, pedindo a todas as partes que respeitem os princípios do direito humanitário".

O PMA também teme o desabastecimento nas lojas da Faixa de Gaza e a deterioração dos alimentos, devido aos cortes de eletricidade.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, anunciou a suspensão do fornecimento de eletricidade, comida e outros bens de Israel para o empobrecido enclave com 2,3 milhões de habitantes, que já está sob um rigoroso bloqueio israelense há mais de 15 anos.

O grupo islâmico Hamas, que governa a Faixa de Gaza, lançou no sábado uma grande e inesperada ofensiva contra Israel - milhares de foguetes foram disparados, combatentes se infiltraram no território e israelenses foram capturados.

A resposta de Israel foi com um bombardeio direcionado à Gaza.

De acordo com balanços provisórios, mais de 600 pessoas morreram desde sábado do lado israelense e mais de 300 do lado palestino.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!