Estados Unidos

Pais são presos acusados de violentar e prostituir filhos adotivos

O crime só foi descoberto após autoridades receberem de pornografia infantil

Por O TEMPO
Publicado em 03 de fevereiro de 2023 | 11:36
 
 
 
normal

Um casal foi condenado no estado da Geórgia, nos Estados Unidos, acusado de abusar de seus dois filhos adotivos e de oferecê-los para um grupo prostituição.

Segundo o Dailymail, o bancário Zachary Zulock, de 35 anos, e o funcionário público William Zulock, de 33 anos, adotaram legalmente dois meninos de 9 e outro de 11 anos por meio de uma agência de adoção de crianças com deficiencia.

Durante as investigações, a polícia descobriu que abusou sexualmente dos filhos. Além disso, na residencia os agentes de segurança também encontraram cerca de 150 conteúdos de pedofilia envolvendo os filhos, conforme o veículo. 

Mensagens em plataformas de mídias sociais levaram a outros dois homens, que teriam sido chamados para "realizar um ato de prostituição" com uma das crianças, que sofreu ferimentos físicos após ser estruprado brutalmente.

O crime só foi descoberto após autoridades receberem de pornografia infantil. Ao chegarem ao local, os policiais encontraram evidências de que os dois homens participavam da rede de pedofilia.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!