no Canadá

Paramédica socorre vítima de acidente sem saber que era sua filha

Ela estava transitando pela via quando viu uma passageira presa às ferragens, com ferimentos graves

Por Agência
Publicado em 28 de novembro de 2022 | 12:03
 
 
 
normal

Uma paramédica prestou os primeiros socorros para uma vítima em estado grave, sem saber que era a sua própria filha. Jayme Erickson descobriu a triste coincidência apenas horas mais tarde, quando recebeu a notícia da morte dela. O fato ocorreu no dia 15 de novembro, ao norte de Calgary, no Canadá, segundo o site People. Ela estava transitando pela via quando viu o acidente e percebeu que uma passageira ficou presa, com ferimentos graves.

Ela ficou próxima ao carro e cuidou da vítima, até que as equipes médicas acionadas chegassem ao local. A paramédica não sabia que a passageira envolvida era sua filha de 17 anos, Montan. Segundo Jayme, a jovem estava irreconhecível devido à gravidade de seus ferimentos. "Jayme, sem saber, estava mantendo sua própria filha viva", explicou Richard Reed, um paramédico e amigo de Erickson, em entrevista coletiva na quarta-feira (23).

Ele acrescentou que a paramédica administrou o tratamento para ganhar tempo para a família da vítima se despedir. Ao retornar para casa, ela foi recebida pela polícia canadense, que deu a notícia devastadora da morte de sua filha. "Ela era uma lutadora e lutou até o dia em que morreu. Ela era tão bonita. Quando ela se esforçava para uma coisa, sempre tinha sucesso", disse Erickson, emocionada durante a entrevista.

"Estamos sobrecarregados com a dor e absolutamente destruídos. A dor que estou sentindo é como nenhuma dor que já senti, é indescritível", acrescentou Erickson em uma página do GoFundMe criada pela amiga da família Lindsay Sandalack. (Folhapress) 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!