por 90 dias

Peru declara emergência de saúde por surto de síndrome de Guillain Barré

Medida foi adotada após a morte de quatro pessoas por essa doença que afeta o sistema nervoso

Por Agência
Publicado em 10 de julho de 2023 | 07:51
 
 
 

O governo peruano declarou emergência nacional de saúde por 90 dias nesse domingo (9) devido a um surto incomum de casos de síndrome de Guillain Barré, após a morte de quatro pessoas por essa doença que afeta o sistema nervoso. 

Foi “declarada Emergência Nacional de Saúde por um período de 90 dias devido ao aumento inusitado de casos da Síndrome de Guillain Barré”, diz um comunicado do Ministério da Saúde. A emergência abrange 25 regiões do país. 

"Houve um aumento significativo nas últimas semanas, o que nos obriga a tomar medidas como Estado para proteger a saúde e a vida da população", disse o ministro da Saúde, César Vásquez, à imprensa.

O ministro explicou que esta declaração vai permitir a compra de imunoglobulina para o tratamento de pacientes com a doença nos próximos dois anos. O número de mortos pela síndrome subiu para quatro e os casos ultrapassaram 180 entre janeiro e julho, segundo novo balanço do ministério. 

A síndrome se manifesta com fraqueza muscular progressiva que surge em um período de duas a quatro semanas e pode afetar o sistema respiratório. Um de seus sintomas mais frequentes é o formigamento e a falta de força nas extremidades. (AFP) 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!