Eleições

Putin discursa na campanha e promete fazer da Rússia uma 'potência soberana'

O depoimento foi o primeiro oficial da campanha antes das eleições de março de 2024

Por Agências
Publicado em 17 de dezembro de 2023 | 11:15
 
 
 

O presidente Vladimir Putin prometeu, neste domingo (17), fazer da Rússia uma "potência soberana", em seu primeiro discurso de campanha antes das eleições de março de 2024. 

"A Rússia será uma potência soberana e autossuficiente, do contrário, deixará de existir", disse Putin aos líderes de seu partido, Rússia Unida, em um congresso de apoio à sua candidatura.

À frente do país desde 2000, o presidente russo anunciou em 8 de dezembro sua candidatura. Se for reeleito, uma opção provável em um sistema político onde a oposição é quase inexistente, poderá permanecer no Kremlin até 2030. 

As eleições acontecem depois de dois anos de ofensiva na Ucrânia, que desencadeou uma série de sanções ocidentais contra a Rússia. 

Putin, de 71 anos, disse que fará da "soberania" um dos principais objetivos de seu quinto mandato no Kremlin. 

"Só tomaremos decisões nós mesmos, sem conselhos do exterior", frisou.

"A Rússia não pode - como alguns países - ceder sua soberania por algumas migalhas e se tornar satélite de alguém", defendeu.

As potências ocidentais, ressaltou, procuram "semear problemas internos" na Rússia. Mas “essas táticas não funcionaram", acrescentou. 

O líder do Kremlin declarou que ainda há "muito a fazer pelos interesses da Rússia" e que o país enfrenta "tarefas históricas". 

Todos os adversários políticos de Putin estão na prisão, ou no exílio, e Moscou proibiu as críticas à sua campanha militar na Ucrânia. (AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!