Investigação

Submarino que levava turistas a destroços do Titanic desaparece misteriosamente

Empresa cobrava mais de R$ 1 milhão por vaga na expedição

Por O Tempo
Publicado em 19 de junho de 2023 | 13:47
 
 
 

Um submarino que levava turistas às profundezas do Oceano Atlântico para avistar os destroços do Titanic desapareceu em circunstâncias desconhecidas. A Guarda Costeira de Boston, nas proximidades do local do desaparecimento, afirmou à “BBC” que mobilizou uma operação para encontrar os tripulantes.

Não está claro, até agora, quantas pessoas estavam a bordo do submarino, mas geralmente os veículos da OceanGate, que opera a visitação, comportam cinco pessoas, incluindo dois profissionais. A empresa cobra US$ 250.000 (R$ 1.194.625) por pessoa por uma expedição de oito dias para ver os destroços do Titanic, de acordo com a “BBC”. O mergulho até o local do naufrágio leva oito horas, ida e volta.

Os restos do Titanic, que naufragou em 1912, estão a cerca de 3.800 metros da superfície do oceano. Seu local de naufrágio, próximo à costa de Newfoundland, no Canadá, foi descoberto em 1985. Ele naufragou ao bater em um iceberg em sua primeira viagem e, dos 2.200 passageiros, 1.500 morreram.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!