guerra

Ucrânia bombardeia depósito de munições em zona fronteiriça russa

As forças armadas ucranianas bombardearam Belgorod. A defesa antiaérea foi ativada, disse o governador da região da Rússia

Por Agências
Publicado em 13 de outubro de 2022 | 15:27
 
 
 

Um bombardeio ucraniano provocou, nesta quinta-feira, a explosão de um depósito de munição em uma cidade fronteiriça russa, informou o governador da região russa de Belgorod no Telegram. 

"Um depósito de munições no distrito de Belgorod explodiu como resultado de um bombardeio das Forças Armadas da Ucrânia", disse o governador Vyacheslav Gladkov, acrescentando que "de acordo com dados preliminares, não há mortes ou feridos".

Algumas horas antes, as autoridades russas acusaram o exército ucraniano de ter bombardeado um edifício residencial na cidade de Belgorod.

"As forças armadas ucranianas bombardearam Belgorod. A defesa antiaérea foi ativada. Há destruição em um prédio residencial", disse Gladkov. O governador garantiu que este ataque não causou vítimas e que os danos no edifício não foram "críticos".

O assessor da Presidência ucraniana, Mikhailo Podoliak, negou o envolvimento do exército ucraniano no ataque e afirmou que a Rússia tentou atacar a cidade ucraniana de Kharkiv, localizada perto da fronteira, mas que "algo deu errado". 

Imagens divulgadas nas redes sociais mostram o último andar de um prédio residencial destruído. Um vídeo mostra o impacto, no meio de uma fumaça preta.

(AFP)
 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!