OPORTUNIDADE

Cruzeiro terá sequência de jogos contra times que arrancaram mal no Campeonato Brasileiro

Time celeste enfrentará Cuiabá, Vasco e Fluminense, sendo duas destas partidas no Mineirão

Por Mateus Castanha
Publicado em 10 de junho de 2024 | 08:53
 
 
 

Ainda que não seja brilhante, o início de campanha do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro pode ser considerado, no mínimo, satisfatório. Em seis jogos disputados, são três vitórias, um empate e duas derrotas, desempenho que coloca o time celeste em nono na classificação geral, com dez pontos. Mas com um importante porém: um jogo a menos do que sete dos oito clubes que estão à frente dele na tabela. Por pontos perdidos, inclusive, a Raposa está a apenas um dos líderes Flamengo e Bahia, que somam 14.

Mesmo ‘devendo’ um jogo em relação aos primeiros colocados – contra o Internacional, no Mineirão, ainda sem data para acontecer –, o Cruzeiro terá, nas três próximas rodadas, uma excelente oportunidade de escalar a tabela e se colocar entre os ponteiros, já que enfrenta adversários que passam por turbulências neste início de Brasileirão: Cuiabá, Vasco e Fluminense.

O primeiro compromisso, pelo menos em tese, é o mais viável deles. Na próxima quinta-feira (13), o time de Fernando Seabra enfrenta o Cuiabá, lanterna do torneio, no Mineirão. O Dourado amarga um início desastroso de Brasileirão: em seis jogos disputados, são cinco derrotas, um empate e nenhum gol marcado até então.

Três dias depois, o adversário será o Vasco, atual 14º colocado, com 6 pontos, em São Jauário. Não bastasse outro início ruim no principal campeonato do país, com duas vitórias e cinco derrotas nos sete primeiros jogos, o clube cruz-maltino ainda tenta juntar os cacos depois de ser massacrado pelo arquirrival Flamengo por 6 a 1 – maior goleada na história do clássico carioca – no último dia 2 de junho.

Por fim, a Raposa volta ao Mineirão no dia 19, para receber o Fluminense. Ainda que seja o atual campeão da Libertadores e tenha se classificado para a segunda fase do torneio continental sem passar por nenhum susto, o tricolor ainda patina no Brasileiro e é apenas o 15º colocado, com seis pontos – oriundos de apenas uma vitória, três empates e três derrotas. Desempenho inesperado para o campeão da América e que já rende críticas e questionamentos por parte do torcedor ao técnico Fernando Diniz. 

Cruzeiro foi mal contra próximos adversários em 2023

No Brasileirão do ano passado, o desempenho do Cruzeiro contra os três próximos adversários – Cuiabá, Vasco e Fluminense – foi muito ruim. Nos seis jogos disputados contra estas equipes, o Time da Toca obteve uma vitória, dois empates e três derrotas, aproveitamento de apenas 27,7% dos pontos disputados.

O maior algoz foi o Fluminense, que venceu as duas partidas que fez contra o Cruzeiro: 2 a 0 no Mineirão e 1 a 0 no Maracanã. No jogo em Belo Horizonte, inclusive, um episódio chamou a atenção. Os atacantes Bruno Rodrigues e Henrique Dourado protagonizaram um forte bate-boca para decidir quem bateria um pênalti a favor do Cruzeiro. Bruno Rodrigues acabou batendo, Fábio defendeu, mas o árbitro mandou voltar a cobrança porque o goleiro se adiantou. Bruno Rodrigues cobrou de novo, desta vez para fora.

Contra o Cuiabá, a Raposa perdeu por 1 a 0 na Arena do Jacaré e empatou por 0 a 0 na Arena Pantanal.

O melhor desempenho celeste foi contra o Vasco, com uma vitória por 1 a 0 no Rio de Janeiro e um empate por 2 a 2 em Belo Horizonte.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!