Campeonato Italiano

Brasileiros marcam, Juventus vira sobre Torino e fica a 5 pontos da Liga Europa

Juve chegou ao 18º jogo sem derrota no clássico contra o Torino

Por agências
Publicado em 28 de fevereiro de 2023 | 20:00
 
 
 
normal

A Juventus chegou ao 18º jogo sem derrota no clássico contra o Torino nesta terça-feira. Mas como tem sido a tônica nos últimos encontros, mais uma vez as coisas não foram fáceis para a equipe de Massimiliano Allegri. Dispostos a acabar com a freguesia, os visitantes ficaram duas vezes em vantagem no placar. Com enorme contribuição dos brasileiros Danilo e Bremer, veio a virada, por 4 a 2, pelo Campeonato Italiano.

Com o triunfo, a Juventus chegou aos 35 pontos, e continua diminuindo a diferença na busca por vaga às competições europeias. Depois de ser punida com a perda de 15 pontos e cair para a parte de baixo na tabela, a equipe já figura em sétimo, na caça à Atalanta, que tem 41. Não fosse a punição, seria vice-líder, atrás apenas do Napoli.

O clássico começou elétrico e logo aos 2 minutos, Karamoh abriu o placar para os visitantes no Juventus Stadium. A resposta veio rápida, com Cuadrado. O colombiano apareceu livre na área para bater de voleio e desencantar com a camisa do clube. Ele não anotava um gol havia 406 dias e comemorou com muita dança.

O começo do jogo foi com gols e o final da primeira etapa, também. Antes do intervalo, Sanabria recolocou o Torino em vantagem, o que daria enorme tranquilidade no descanso. Daria, pois o brasileiro Danilo apareceu aos 46 para anotar o 2 a 2, de cabeça, após cruzamento de Di María.

A cadência dominou a segunda etapa. Até nova jogada aérea definir a virada da Juventus. Após cobrança de escanteio curta, aos 25 minutos, Chiesa recebeu livre e cruzou na cabeça de Bremer, que mandou com estilo para as redes. A festa pelo gol foi enorme. Em vantagem, a Juventus seguiu no ataque para definir a vitória. Novo cruzamento na área, de Kostic, a bola desvia em Bremer e sobra para Rabiot definir o placar.

PEDRA NO SAPATO DA ROMA

Eliminada pela Cremonese nas quartas de final da Copa da Itália, a Roma queria revanche nesta terça-feira para retomar ao G-4 do Campeonato Italiano - zona de classificação à Liga dos Campeões. Mas voltou a ser surpreendida pela rival. Em dia de expulsão do técnico José Mourinho, foi derrotada por 2 a 1 e ficou no quinto lugar, com 44 pontos. A Lazio tem 45.

O primeiro triunfo da então lanterna do Italiano começou com gol de Tsadjout, que abriu o placar ainda na primeira etapa. Irritado e reclamando muito com o quarto árbitro, Mourinho foi expulso no começo da etapa final.

Mesmo sem o treinador, a equipe buscou a igualdade. Spinazzola empatou aos 26 do segundo, mas um pênalti cometido pelo goleiro Rui Patrício aos 38 minutos acabou sendo fatal. Ciofani bateu e garantiu a festa do time da casa, que deixou o último lugar para a Sampdoria, com 11 pontos. A Cremonese subiu para 12. (Estadão Conteúdo)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!