Super.FC
@otempo
18/10/21
16h03

Sem rivalidade

Após elogio à gestão, presidente do Galo agradece Sérgio Santos Rodrigues

O mandatário do Cruzeiro propôs "copiar" o modelo de gestão do Galo, que tem a participação de investidores e diretoria

Super.FC | @otempo
18/10/21 - 16h03

Após a fala do presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, na sexta-feira (15), que falou sobre a vontade de se inspirar no projeto que é feito do rival Atlético, uma gestão conjunta entre o mandatário e investidores, o presidente Sérgio Coelho, do Galo, disse, em entrevista à rádio Super 91,7 FM, que se sente feliz por ter a gestão “copiada”. 

No Galo, toda diretoria trabalha em conjunto para fortalecer o clube de uma forma geral. A ajuda financeira dos mecenas, no grupo chamado de 4Rs, é fundamental para contratação de jogadores e pagamento de dívidas, mas, de acordo com a diretoria do Atlético, eles não são responsáveis pela folha salarial e não tomam decisões sozinhos. 

“Uma das condições que eu pedi era que nós tivéssemos uma gestão tendo as decisões a serem tomadas através de um colegiado, o que é muito normal nas grandes empresas. Quando você tem um grupo como o nosso, eu, doutor José Murilo Procópio (vice) e os 4Rs, fica fácil, porque nós estamos acostumados a trabalhar dessa forma. Além disso, nós temos um grupo de diretores muito competentes. O trabalho corre tranquilo, não tem nenhum problema e a gente resolve tudo sempre ouvindo as pessoas e o que a maioria resolve, fica resolvido”, afirmou Sérgio Coelho à rádio Super. 

Na sexta-feira (15), em meio a greve dos jogadores do Cruzeiro, o presidente celeste, Sérgio Santos Rodrigues, disse, em um pronunciamento oficial, que sugeriu aos empresários que se adotasse na Raposa um sistema de gestão parecido com o do Atlético.

“Eram três empresários, a reunião foi muito clara. Eu citei o modelo que o presidente do arquirrival, Sérgio Coelho, falou. Eu falei para eles ficarem mais perto da gestão", afirmou SSR. 

À rádio Super 91,7 FM, durante o programa Super.FC desta segunda-feira (18), o presidente do Galo foi perguntado sobre como ele se sente ao ser citado pelo rival e ele afirmou que fica feliz. 

“Quando a gente recebe qualquer comentário sobre o trabalho da gente, comentários de reconhecimento, ficamos felizes, independente de quem é que faça o comentário. Então, eu sou uma pessoa muito desprendida de vaidade e não olho por esse lado, mas, simplesmente, pelo lado de que o trabalho está sendo bem feito. Isso me dá felicidade, dá felicidade ao nosso grupo também”, disse o mandatário alvinegro. 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000