Giovanna Pires
@otempo
24/11/21
05h00

Pela taça

Cuca não liga para título com antecedência: 'importante é ser campeão'

O sonho do título foi mais uma vez adiado, mas o Galo segue contando as horas para ser campeão brasileiro nesta temporada

Giovanna Pires | @otempo
24/11/21 - 05h00

O empate em 2 a 2 na noite de terça-feira (23), no Allianz Parque, com o Palmeiras, adiou pelo menos em uma rodada o sonho do Atlético de conquistar a taça do Campeonato Brasileiro. A ideia de ser campeão dentro de casa no domingo (28), contra o Fluminense, ficou de lado, mas o momento é de serenidade para conquistar os pontos necessários para levar o título nesta temporada. 

Com 75 pontos, o Galo segue na liderança e tem oito a mais do que o Flamengo, que também empatou na rodada, em 2 a 2 com o Grêmio. O Galo não conseguiu aumentar a vantagem, mas acaba, mais uma vez, diminuindo o número de jogos restantes e, por consequência, a espera pelo título. No domingo (28), o Fluminense é o adversário e o Atlético precisa fazer a lição de casa para 

“A pontuação é maravilhosa. 75 pontos, mas não é o suficiente ainda. Quando a gente fala que ainda não é campeão, hoje vocês estão vendo. Não dá para cravar. Temos que fazer muita força ainda. A primeira vem domingo com o nosso torcedor. A gente tem que ir com a força do Mineirão cheio mais uma vez para buscar o resultado. Dentro do que a gente tem feito, planejado. Recuperação de atletas. Para ter uma equipe quase completa na sequência do campeonato”, disse Cuca. 

Com a proximidade no fim da temporada, a eminente chegada do título brasileiro e o apoio incondicional do torcedor, é natural que o elenco atleticano fique mais nervoso dentro de campo, querendo conquistar os pontos para levantar a taça. Apesar disso, o treinador afirma que a equipe segue fechada com o objetivo de manter os pés nos chão e, principalmente, segue com o profissionalismo falando mais alto para não dar bobeira na reta final. 

“A gente tem que ter calma, equilíbrio. Nós temos que saber que a gente que está liderando. Lógico que com humildade, pés no chão. Se tem um tropeço, um resultado que não é o ideal, tem que saber administrar. Mesmo se o Flamengo tivesse vencido, o empate seria muito natural. Passou uma rodada e continuam os mesmos oito pontos. Não podemos ser campeões no domingo. Tá bom. O importante é ser campeão. Não importa quando. É lógico que a ansiedade atinge todos, principalmente o torcedor, mas a gente que é profissional precisa ter equilíbrio. Temos um time que é cascudo, muito regular”, afirmou o treinador. 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000