Josias Pereira
@josiaspereira
27/11/20
23h26

Para lamentar

Cruzeiro é derrotado em casa para o Confiança e perde a primeira com Felipão

Resultado foi um balde de água fria no embalo do time, que tinha conseguido superar a líder Chapecoense, em Santa Catarina

O TEMPO - Esporte - Campeonato Brasileiro série B, partida realizada entre as equipes do Cruzeiro x Confiança, jogo válido pela rodada de número 24, realizado no estádio Mineirão, em Belo Horizonte — Foto: Ramon Bitencourt / O Tempo
Josias Pereira | @josiaspereira
27/11/20 - 23h26

Era a chance do Cruzeiro se reabilitar dentro do Mineirão, de empolgar a torcida com mais uma vitória após derrubar o líder. Mas nada disso aconteceu. Pelo contrário, a decepção reinou. Na noite desta sexta-feira, no Gigante da Pampulha, o time celeste foi derrotado pelo Confiança em casa, por 2 a 1, e deu fim à sequência de nove jogos de invencibilidade. É a primeira derrota de Felipão no comando do Cruzeiro, em um jogo que a Raposa começou novamente perdendo como mandante. 

Com o resultado, o time segue na 15ª posição, com 28 pontos, mas ainda depende da sequência da rodada, já que o Vitória entra em campo contra o CRB, no Barradão. A Raposa volta a campo na quarta-feira, quando terá pela frente o clássico contra o América, no Independência, às 21h30. 

Frustração  

Pelo terceiro jogo seguido jogando no Mineirão, o Cruzeiro saiu atrás no marcador. Logo no início do jogo, o time sofreu uma pequena blitz de bolas alçadas à área. Até que aos 4 minutos, Guilherme Castilho, jogador que pertence ao Atlético, acertou outro escanteio fechado e contou com o desvio de Jadsom Silva no primeiro pau para vencer o goleiro Fábio. 

Em desvantagem, o time celeste sofreu com passes errados e o desacerto na marcação pelo lado direito do ataque do Confiança, justamente no setor ocupado por Patrick Brey. Foi por ali que o time comandado por Daniel Paulista encontrou as melhores oportunidades na etapa inicial. Em um desse lances, aos 22 minutos, Thiago Ennes deixou Patrick Brey para trás e cruzou para a finalização de ítalo. O chute explodiu no braço de Cáceres. Dentro da área, o juiz marcou pênalti. 

Na cobrança, Renan Gorne mandou no canto inferior esquerdo do gol, deslocando Fábio. Dois gols que deixaram a situação do Cruzeiro extremamente difícil em um primeiro tempo que chances aconteceram para a Raposa, como uma finalização cara a cara de Airton, que ainda possuía Pottker e Sóbis livres. 

"Não sei te explicar, a gente fora de casa entra ligado. Dentro de casa sempre acontece isso, a gente acha que vai ganhar a qualquer momento. Não é assim, tem que entrar ligar desde o começo. Agora vai ter que correr atrás pra caramba para reverter o placar", opinou o zagueiro Manoel na saída do intervalo. 

E o Cruzeiro correu mesmo na etapa final. Felipão já sacou Brey, Adriano e Régis do time, promovendo a entrada de Matheus Pereira, Filipe Machado e Marcelo Moreno. O gol celeste saiu aos 8 minutos, com um levantamento de Matheus Pereira para a finalização de cabeça de Cáceres, o paraguaio mais uma vez mostrando sua eficiência.

A Raposa empilhou chances na etapa fiinal, muito na base do abafa, até mesmo com a entrada de Thiago, praticamente tendo quatro avançados. A saída de Rafael Sòbis deu uma desmontada na criação do time, que ainda no fim de jogo viu o goleiro Rafael Santos acusar uma lesão muscular, e mesmo assim nenhum chute a gol foi dado para testar o goleiro. No fim, o Confiança prevaleceu no Mineirão. Dentro de casa com Felipão, o Cruzeiro só conquistou cinco pontos em 12 disputados. 

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000