Da Redação
@otempo
24/01/21
11h32

Desastre

Filho do ex-atacante do Atlético Marinho morre em acidente de avião em Tocantins

Marcus Molinari era jogador e atuava no Palmas Futebol Clube; outros quatro atletas e o presidente do clube também morreram na queda do avião

Acidente aéreo matou quatro jogadores do Palmas
Acidente aéreo matou quatro jogadores do Palmas — Foto: Divulgação
Molinari
Filho de Marinho, Marcus Molinari foi formado no Villa Nova e jogou por clubes mineiros como o Tupi — Foto: Reprodução/Instagram
Palmas jogaria nesta segunda-feira contra o Vila Nova, em Goiânia
Palmas jogaria nesta segunda-feira contra o Vila Nova, em Goiânia — Foto: Reprodução Twitter
Da Redação | @otempo
24/01/21 - 11h32

Um avião de pequeno porte que levava quatro jogadores e o presidente do Palmas caiu na manhã deste domingo (24) em Porto Nacional, em Tocantins. 

Os atletas Marcus Molinari, Lucas Praxedes, Guilherme Noé e Ranule não resistiram ao acidente. O presidente do clube, Lucas Meira, e o piloto da aeronave, Comandante Wagner, também morreram. Eles iriam para Goiânia, para a partida contra o Vila Nova-GO nesta segunda-feira (25), pela Copa Verde.

O meia Marcus Molinari, que tinha 23 anos, foi formado nas categorias de base no Villa Nova-MG. Ele era filho do atacante Marinho, que jogou pelo Atlético durante os anos 2000. Antes do Palmas, Molinari também passou pelos mineiros Araxá, Tupi, Ipatinga e Tupynambás e pelo Santos.

Queda de avião no Tocantins: saiba quem eram os jogadores que morreram

 

O goleiro Ranule, que tinha 27 anos, e o meia Guilherme Noé, de 28, também passaram por várias equipes de Minas. Ranule foi formado no Democrata de Sete Lagoas e passou por Minas Boca, Villa Nova, Nacional de Muriaé, Tupi e Esportiva Guaxupé. Já Noé jogou por Tombense, Nacional de Muriaé, Tupi, Caldense, Ipatinga e Democrata de Governador Valadares.

Segundo nota oficial publicada pelo Palmas Futebol e Regatas, o avião caiu logo após a decolagem. Imagens publicadas nas redes sociais mostram a aeronave em chamas. 

Leia a nota na íntegra:

"O Palmas Futebol e Regatas vem por meio desta informar que por volta das 8h15 da manhã deste domingo, 24, ocorreu um acidente aéreo envolvendo o presidente do clube Lucas Meira, quando decolava para Goiânia, para a partida entre Vila Nova x Palmas nesta segunda, 25, válida pela Copa Verde. O avião em que Lucas estava junto com o comandante Wagner e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, decolou e caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação. Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar".

---

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000