José Luiz Júnior
@jjluiz_junior
02/08/21
01h49

Cheio de graça

Isaquias revela tática para classificação: “Uns tapas, uns murros para acordar"

Dupla brasileira está na semifinal da canoagem C2 1000m e buscam vaga na final nesta segunda-feira (2), às 22h (de Brasília)

Dupla brasileira busca vaga na final nesta segunda-feira (2), às 22h — Foto: Júlio César Guimarães/COB
José Luiz Júnior | @jjluiz_junior
02/08/21 - 01h49

A dupla brasileira Isaquias Queiroz e Jacky Godmann está classificada para a semifinal da canoagem de velocidade C2 1000m. A vaga na próxima fase veio na madrugada desta segunda-feira (2). Após conseguir o feito com o companheiro, Isaquias Queiroz, sempre muito bem humorado, deu uma entrevista, no mínimo, engraçada ao Sportv.

Ao ser perguntado pelo repórter o que eles fariam ao chegar na Vila Olímpica, Isaquias brincou dizendo o que iria fazer para acordar o companheiro de prova.

“Chegar lá dá uns tapas, uns murros no Jacky para acordar! Estou brincando, a gente vai descansar, dar uma analisada na prova que nós fizemos aqui nas quartas de final agora e tentar focar na semi que passa os quatro primeiros e, além de tentar passar, tem que tentar se poupar um pouco porque são provas doídas de 1000 metros, e com o vento acaba ficando mais ainda você precisa remar rápido, forte e você acaba sentindo muito para final que é quase em seguida (das semis)”

Mas Isaquias também falou sério e analisou a prova.

“A gente sabia que poderia ir bem na eliminatória, mas foi uma eliminatória que teve os três medalhistas do mundial de 2019. Então sabia que seria muito dura. A gente sempre começa uma competição, às vezes se sentindo ruim, estranha o barco e a final a gente acaba acertando melhor o barco. Então a gente tinha a possibilidade de ir para as quartas, que foi bom para poder remar um pouco e, com certeza, forçou um pouco mais por causa do vento e então deu para sentir mais a energia da prova”, finalizou.

Isaquias Queiroz ficou muito conhecido após os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, quando ele conquistou três medalhas: Prata na Canoa Individual 1.000m, Bronze na Canoa Individual 200m e Prata na Canoa de Dupla 1.000m, com Erlon de Sousa Silva. Isaquias é o atleta brasileiro com o maior número de medalhas em uma edição de Jogos Olímpicos.

Além da C2 1000m, em Tóquio, Isaquias vai disputar a prova individual de 1000m e tem chance de medalhas nas duas provas. Se isso acontecer, ele entra para a lista de maiores medalhistas olímpicos do Brasil, hoje, liderada pelo velejador Robert Scheidt, que disputou sete olimpíadas.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000