Daniel Ottoni
@superfcoficial
24/07/19
10h31

Caminho sem volta

Líbero do Minas abdica da carreira e desabafa: 'isso não é para mim'

Geórgia divulgou informação em stories do Instagram, revelando lado de um atleta profissional que motivou sua decisão

Participação de Geórgia na última temporada se limitava a entradas para sacar — Foto: Divulgação - Minas Tênis Clube
Daniel Ottoni | @superfcoficial
24/07/19 - 10h31

As poucas temporadas como profissional foram suficientes para a líbero Georgia, de 23 anos, que defendeu o Itambé-Minas na última edição da Superliga, ver como era a realidade de uma atleta de alto nível no pais.

Por meio dos seus stories no Instagram, quando perguntada por um seguidor sobre seu futuro, Geórgia desabafou ao afirmar que não irá seguir dentro das quadras. No começo do atual temporada, ela não esteve nos treinos no Minas e informações de bastidores deram a entender que seu próximo time poderia ser o Flamengo, que subiu para a elite do vôlei nacional. 

"Não vou jogar esta temporada por escolha minha. Recebi uma proposta de um time na Superliga A (não vou citar o nome), e como se percebe eu não aceitei, até pelo valor proposto para receber. Tem gente que vai falar: 'você é nova, precisa fazer seu nome ainda', 'você precisa jogar e ser vista', 'você não pode cobrar salário, nem nome no vôlei tem. Me desculpa, mas jogar por amor eu fazia quando tinha 10 anos', afirmou.

A líbero aproveitou para externar a rotina de uma atleta, que precisa se superar a cada temporada para se manter disposta e motivada para os próximos desafios. "O lance é que eu acho uma falta de respeito com o atleta brasileiro, seja em qualquer modalidade. Temos que ficar longe de casa, das pessoas que mais amamos, morando com pessoas que nem são da nossa própria família, muito menos amigos, pra alcançar o tal sucesso, recebendo miséria, comendo sei lá que comida, escutando merda dos outros, seja da “torcida”, seja de quem for, par ser alguém no esporte. Foi mal, mas isso não é para mim”, desabafou.

Georgia deixou claro que não se mostra disposta a encarar tudo que já sabe bem que acontece na vida de um atleta durante uma temporada. "Talvez se eu me esforçasse e persistisse, num futuro eu recebesse mais, mas eu fico me perguntando: as coisas têm de ser difíceis mesmo? Ou isso é coisa que impuseram para nós? Fica o questionamento. Concluo que não vou jogar nesta temporada nem nas próximas, pelo que eu citei acima e por outras mil coisas que eu vi/passei. Bora viver”, concluiu. A jogadora não especificou, no contato com os seguidores, que destino dará ao seu futuro.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000