OPINIÃO

Líquido e certo

Ao sul do Tennessee, onde o “whisky” reina entre uma religião e a Disneylândia, Fawn Weaver olha para a destilaria e parque de diversões de 185 hectares

Por Paulo Navarro
Publicado em 09 de junho de 2024 | 03:00
 
 
 

Líquido e certo

Lemos na “Forbes” e vale muito compartilhar. Ao sul do Tennessee, onde o “whisky” reina entre uma religião e a Disneylândia, Fawn Weaver olha para a destilaria e parque de diversões de 185 hectares que ela ergueu em Shelbyville para admirar sua grife de sete anos, a “Uncle Nearest”.

Líquido e histórico

Lá temos uma caminhada histórica, quatro áreas de degustação, o bar mais longo do mundo (160 metros), um local de música ao ar livre, um celeiro antigo que já foi estábulo para cavalos, uma churrascaria e uma lanchonete com delícias do estado, como o refrigerante “Mountain Dew” e o chocolate “Goo-Goo Clusters”.

Líquido e duplo

Tudo para competir com a mítica vizinha, a destilaria Jack Daniel’s, que recebe 300 mil pessoas por ano para experimentar seu whisky seco. Calma aí! Pausa para nosso comentário que é uma dúvida e uma pergunta. Então é “whisky”, como se fala na Escócia e resto mundo ou “whiskey”, como se bebe, feito água, na Irlanda e Estados Unidos?

Líquido e justo

“Uncle Nearest” é uma elegância histórica. Weaver, a fundadora e CEO, criou a destilaria em homenagem a Nearest Green, o ex-escravo e primeiro mestre destilador de Jack Daniel’s, cuja história foi apagada da tradição do “whisky” por décadas. Ela construiu sua empresa que elogia todas as liberdades que Green e as gerações que se seguiram nunca tiveram.

Líquido e promissor

“Não acredito em dono de marca, a menos que seja o dono do negócio. É especial para nós e incrivelmente especial para o povo negro”, diz Weaver, 47. “Historicamente, nós negros alugamos muito, mas não possuímos quase nada. Existe muito de ser um embaixador e construir coisas para outras pessoas, mas não muito de construir as nossas próprias".

Líquido e lucrativo

E Weaver faz. Estreando em 2017, a “Uncle Nearest” triplicou as vendas desde 2021 e espera US$ 100 milhões este ano. De acordo com pesquisa de bebidas, isso faz da “Uncle Nearest” a marca de “whisky” americana que mais cresce na história e impulsiona um negócio estimado, conservadoramente, em US$ 1,1 bilhão.

Líquido e sólido

Incluindo imóveis, a participação de 40% de Weaver faz com que ela valha US$ 480 milhões, bom para o 68º lugar na lista Forbes das mulheres mais ricas que se fizeram sozinhas, além de possuir a marca de bebidas espirituosas, de propriedade e liderada por negros, mais vendida de todos os tempos.