Oportunidade

Projeto quer facilitar acesso de pessoas negras a empregos; veja como participar

Pessoas selecionadas receberão entre R$ 5 mil e R$ 10 mil para o desenvolvimento de competências; inscrições vão até 14 de setembro

Por Raíssa Oliveira
Publicado em 24 de agosto de 2023 | 11:46
 
 
 

Um edital lançado nessa quarta-feira (23 de agosto) quer ampliar o acesso de pessoas negras no mercado de trabalho. A iniciativa é do Baobá – Fundo para Equidade Racial e o Mover (Movimento pela Equidade Racial) e visa apoiar até 664 pessoas negras, que estejam cursando ensino superior ou tenham ensino superior completo, no custeio de despesas com atividades no curso da formação. Interessados em participar podem se inscrever até 14 de setembro. 

O projeto, intitulado de “Carreiras em Movimento”, vai custear despesas ligadas à participação em cursos, congressos ou outros eventos virtuais ou presenciais, no Brasil ou no exterior; atividades voltadas para o desenvolvimento ou ampliação de habilidades socioemocionais e comportamentais; mapeamento e conexões com potenciais instituições empregadoras ou outros atores estratégicos. 

Os selecionados vão receber aporte financeiro entre R$5 mil e R$10 mil para o desenvolvimento de competências técnicas, habilidades socioemocionais e comportamentais. Além disso, os selecionados poderão se cadastrar na plataforma de talentos das 49 empresas associadas ao Mover.

Para participar, é necessário ser maior de 18 anos e se autodeclarar uma pessoa negra. Pessoas com mais de 35 anos; LGBTQIAPN+; populações quilombolas, ribeirinhas e outras comunidades tradicionais; cotistas ou ex-cotistas de universidades públicas, bolsistas ou ex-bolsistas do PROUNI; migrantes e refugiados africanos ou afrodescendentes residentes no Brasil e pessoas que nunca tenham sido auxiliadas pelo Fundo Baobá terão prioridade na seleção. 

Além disso, pessoas negras que já atuam no mercado privado, nas áreas de Ciências de Dados, Comunicação, Gestão de Recursos Humanos, Gestão e Administração, Logística, Marketing, Tecnologia e Vendas (online e offline) terão suas propostas valorizadas. Também receberão o mesmo critério de valorização, inscrições vindas do Norte e do Nordeste do país. 

As inscrições são gratuitas e vão até o dia 14 de setembro. Elas podem ser feitas diretamente no site do Baobá. As pessoas selecionadas terão entre quatro e oito meses para finalizarem as atividades propostas, e mais trinta dias para apresentar a prestação de contas final. O resultado final do processo seletivo será divulgado em 30 de novembro.

“O edital é uma oportunidade de contribuir na ampliação do potencial de empregabilidade de pessoas negras, de qualquer faixa etária e que residam em qualquer lugar do país. Trata-se de um recurso para uso estratégico. Uma semente para o plano de desenvolvimento de quem está no início ou em uma fase mais consolidada da carreira profissional”, afirma a diretora de Programa do Baobá, Fernanda Lopes.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!