Prevenção

UFMG recebe doação da BR Distribuidora para produção de álcool em gel

Três mil litros do produto puro serão doados, que se transformarão em 800 litros do insumo

Por Gabriel Moraes
Publicado em 16 de abril de 2020 | 21:21
 
 
 
normal

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) fez uma parceria com a BR Distribuidora, empresa que distribui combustíveis da Petrobras pelo país, para o recebimento de 3 mil litros de álcool puro, para a produção de álcool glicerinado 70% e álcool 80% para a limpeza de mãos e superfícies. Os produtos serão doados para o Hospital das Clínicas (HC-UFMG) e Hospital Risoleta Tolentino Neves (HRTN-UFMG).

Segundo a UFMG, as parcerias na produção de álcool devido à pandemia do novo coronavírus tiveram início quando a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) procurou a distribuidora com a ideia de doações. Desde então, outras seis instituições de ensino superior foram contactadas com esse objetivo.

Na UFMG, a Faculdade de Farmácia que será a responsável pelo processo de produção do álcool. De acordo com a diretora Leiliane Coelho André, o produto precisou ser testado. “A análise do álcool foi realizada para verificar a qualidade do produto e a não presença de contaminantes como metanol e hidrocarbonetos aromáticos”, conta.

Além da Faculdade de Farmácia, parte do álcool foi destinada à Escola de Veterinária que também contribuirá para a produção do álcool 80%.

A UFMG informou que o volume doado será suficiente para produzir em torno de 800 litros de álcool gel, dois mil litros de álcool glicerinado 70% e um mil litros de álcool 80%. “No entanto, nossa produção será além disso e, quando necessário, pretendemos adquirir mais álcool no mercado ou mesmo solicitar à Petrobras mais uma doação”, explica Leiliane André.

De acordo com a professora, a produção do álcool 80% já foi iniciada, pois depende apenas de um processo de diluição. “Para a produção do álcool glicerinado depende da chegada de outros insumos que já foram comprados. Já para a produção do álcool gel estamos aguardando a compra do carbopol que é um insumo não disponível atualmente no mercado. Tão logo esses insumos cheguem a produção será iniciada”, esclarece.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!