Violência

Três pessoas são mortas e várias feridas em ataque com faca em Nice, na França

Suspeito do ataque foi preso pela polícia momentos depois do crime

Qui, 29/10/20 - 07h25
Três pessoas morreram em ataque a facas em Nice, na França
audima

Três pessoas morreram, uma delas degolada, e várias ficaram feridas nesta quinta-feira em um ataque com uma faca perto de uma igreja na cidade francesa de Nice e o agressor foi detido, informaram fontes governamentais e da polícia.

A unidade antiterrorista do Ministério Público francês abriu uma investigação sobre o ataque.

O crime aconteceu às 9h (5h de Brasília) perto da basílica Notre-Dame, no centro desta cidade da Riviera Francesa. 

O ataque aconteceu menos de duas semanas depois do assassinato por decapitação de um professor em Conflans-Sainte-Honorine, uma pequena localidade de 35.000 habitantes a 50 quilômetros de Paris, por ter exibido em uma aula charges do profeta Maomé.

O ministro do Interior, Gérald Darmanin, anunciou no Twitter uma "reunião de crise" com a participação do presidente Emmanuel Macron. Em seguida ele viajará a Nice.

Muitos policiais e socorristas foram enviados para as imediações da igreja. "A situação está sob controle", afirmou um agente.

O prefeito de Nice, Christian Estrosi, que seguiu de maneira imediata par ao local do ataque, disse que a França deve atuar para "eliminar o islamofascismo".

Os deputados franceses, que debatiam um novo confinamento nacional decidido na véspera e que entrará em vigor nesta quinta-feira à meia-noite, respeitaram um minuto de silêncio quando foram informados sobre o ataque.

O primeiro-ministro, Jean Castex, que estava presente na Assembleia Nacional, abandonou o Parlamento ao receber a notícia.

Nice, uma cidade de pouco mais de 500.000 habitantes, foi cenário em 14 de julho de 2016 de um ataque que deixou 86 mortos no Dia da Festa Nacional, ou Dia da Bastilha.

(3) comentários

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
LUCAS 3:55 PM Oct 29, 2020
Bem feito para esses franceses noiados que no devaneio das liberdades individuais paparicam e recebem muçulmanos terroristas. Quando exterminarem metade da França talvez esses patetas acordem. E os imbecis preocupados com a gripezinha...
6
Denunciar

maisumtrouxa 8:41 AM Oct 29, 2020
Depois desta tal' pandemia' , que nunca vai passar para o resto do mundo , só para a China, estou vendo como os países do primeiro mundo , esta passando , olhem o New York Post , os USA , ´só tem conflitos , coisas que aconteciam 50 anos atrás !
5
Denunciar

Zorak da Silva 8:06 AM Oct 29, 2020
Mais um caso isolado, o de no. 12131314...
1
Denunciar

LEIA MAIS
Necessário
EUA
Tratamento
Decisão
Riscos
Avanços
Covax
Violência
Duelo raro
Pandemia