Mesa-redonda

Super.FC Debate estreia na rádio Super com repórteres e comentaristas de peso

Roberto Abras, Artur Moraes, Lélio Gustavo, Cadu Doné, Pequetito e Rafael Leal vão discutir, literalmente, o futebol sem "mimimi"

Gabriel Moraes | @gabrieumoraes
15/10/21 - 05h00

A partir da próxima segunda-feira (18), os mineiros ganharão um espaço que traz opinião, debate e informação de qualidade sobre futebol. A partir das 18h, de segunda a sexta-feira, a grade da rádio Super 91,7 FM terá o Super.FC Debate, com nomes de peso do jornalismo esportivo.
Participarão do programa os setoristas Roberto Abras, que há quase 50 anos faz a cobertura do Galo, e Artur Moraes, que sabe tudo sobre a Raposa há décadas; os comentaristas renomados, e às vezes polêmicos, Lélio Gustavo e Cadu Doné; e os âncoras Osvaldo Reis, o Pequetito, e Rafael Leal, que comandará a mesa-redonda diariamente.

O foco do programa será, como o próprio nome diz, o debate. Falas de jogadores e técnicos, balanços de como foi o dia dos times e números a respeito de jogos serão deixados para outros programas da grade da rádio. “O intuito do programa é pegarmos alguns temas quentes do dia, como, por exemplo, a greve dos atletas celestes, ou algum central, que possa ser discutido tanto para Atlético quanto para Cruzeiro, e aí debatermos em cima disso”, explica o apresentador Rafael Leal.

 

O Super.FC Debate, que terá uma hora de duração e acontecerá de segunda a sexta-feira, será dividido em dois blocos, e em cada um deles poderá ser debatido um tema diferente, ou, em casos específicos, apenas um ou mais de dois. Os torcedores também vão participar, mandando mensagens e áudios para incrementar a discussão.

Leal ainda destacou a importância de nomes como Artur Moraes e Roberto Abras no encontro. “Os setoristas dos clubes estão ali porque têm experiência, têm as informações do dia a dia e podem ajudar no debate, pois, sabendo o que acontece dentro dos clubes, podem fazer contrapontos às opiniões do Cadu e do Lélio, além do Pequetito”, diz.

Juvercy Junior, editor executivo da Sempre Editora, destaca que opinião forte, partindo de quem tem credibilidade, será a base do Super.FC Debate. “Contamos com grandes comentaristas, âncoras e repórteres com décadas de cobertura dos clubes de Minas. Então, nada melhor que reunir esse batalhão em um programa em que o debate e a opinião são os principais pilares. Será um momento muito interessante na programação, em um horário nobre da nossa audiência”, afirma.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

1 comentários

Newton 2:45 PM Oct 15, 2021
A Super FM esta situação querendo mesno se tornar cópia da Itatiaia que não valoriza a participação da mulher no esporte. E para piorar agora formou o clube do bolinha da rola cansada.
6
Denunciar