INTERNACIONAL

Pai de refém capturado pelo Hamas em rave morre horas antes de resgate do filho

Vítima de 26 anos foi liberta no sábado, mesmo dia da morte do pai

Por Agências
Publicado em 09 de junho de 2024 | 11:25 - Atualizado em 09 de junho de 2024 | 12:08
 
 
 

O pai de um dos quatro reféns libertados pelo Exército de Israel no sábado (8 de junho) morreu horas antes do resgate do filho Almog Meir Jan, 21 anos, sequestrado pelo grupo terrorista Hamas em 7 de outubro do ano passado durante uma rave.

De acordo com o jornal Times of Israel, a tia de Almog, Dina Jan, disse que quando soube da boa notícia, correu para a casa do irmão para lhe contar e, ao chegar, o encontrou morto. "Ele morreu de tristeza", disse.

Yossi Jan, pai de Almog, ficou isolado e perdeu 20 quilos desde o sequestro do filho, disse a irmã. Ele morreu antes de saber que o filho tinha sido resgatado e estava voltando para casa.

"Meu irmão morreu de tristeza e não conseguiu ver seu filho retornar. Na noite anterior ao retorno de Almog, o coração do meu irmão parou", disse a tia de Almog à emissora pública Kan neste domingo (9 de junho). Meir Jan, Noa Argamani, 26, Andrey Kozlov, 27, e Shlomi Ziv, 40, foram resgatados no sábado em operação diurna no campo de Nuseirat, em Gaza. (Folhapress)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!