vício?

Após críticas, TikTok enviará aviso aos jovens depois de 1 hora de uso

Usuários que declararam ter menos de 18 anos terão que digitar uma senha para continuar a navegação

Por Agência
Publicado em 01 de março de 2023 | 12:44
 
 
 

Criticada por seu poder "viciante" entre os jovens, a plataforma de vídeos chinesa TikTok implementará dentro de algumas semanas um novo sistema de avisos após 60 minutos de uso. Os usuários que declararam ter menos de 18 anos terão que digitar uma senha para continuar a navegação após uma hora no aplicativo, segundo comunicado emitido pelo TikTok.

Se houver uma conexão familiar nas contas, os responsáveis poderão "definir um tempo máximo de visualização diária para o adolescente" com base nos dias da semana, acrescentou o informe. Assim como em outras páginas da internet, os jovens podem mentir sobre sua idade ou desativar a função.

A nova opção, que se soma aos avisos já existentes, busca tranquilizar quem critica o tempo que os jovens entre 4 e 18 anos passam na página de vídeos - entregues por algoritmos que analisam os gostos do usuário. De acordo com um estudo mundial feito em 2022 pela Qustodio, os menores de idade gastam em média 1h47 diárias no TikTok.

A plataforma também é criticada por vários países, que suspeitam de transferência de dados dos usuários para a China. Isto fez com que governos e instituições proibissem o aplicativo em seus dispositivos móveis. Versão chinesa do TikTok, o Douyin é limitado a 40 minutos por dia para menores de 14 anos, que têm acesso bloqueado entre 22h e 6h. (AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!