guerra

Ataque russo a centro de ajuda humanitária na Ucrânia deixa cinco mortos

De acordo com o Ministério ucraniano do Interior, o ataque teve uma universidade como alvo

Por Agências
Publicado em 10 de julho de 2023 | 15:30
 
 
 

Cinco pessoas morreram na Ucrânia em um bombardeio russo a um centro de distribuição de ajuda humanitária em Orikhiv (centro), de acordo com um novo balanço divulgado nesta segunda-feira (10) pelo governador regional, Yuri Malashko, que denunciou um "crime de guerra". 

"Infelizmente, já há cinco [mortos]. Acabaram de retirar o corpo de um homem dos escombros", disse o governador Malashko, citado pela agência de notícias Interfax-Ucrânia. O balanço anterior era de quatro óbitos. 

O procurador-geral ucraniano disse, em um comunicado, que o ataque aconteceu no domingo por volta das 13h20 (7h20 em Brasília) e também feriu 13 pessoas. 

De acordo com o Ministério ucraniano do Interior, o ataque teve uma universidade como alvo, "quando civis recebiam ajuda humanitária". 

"Uma bomba aérea destruiu totalmente o edifício", disse o ministério no Telegram, explicando que prédios residenciais e infraestrutura civil próximos também foram danificados.

Orikhiv, uma cidade que tinha cerca de 14.000 habitantes antes da guerra, fica na região de Zaporizhzhia, um dos quatro territórios ucranianos que a Rússia alega ter anexado em 2022, embora seus militares não os controlem totalmente. 

A cidade fica perto da linha de frente, onde as forças ucranianas tentam, desde o início de junho, retomar posições das forças russas.

(AFP)
                
 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!