tecnologia

Canadá promete US$ 10 bilhões à Volkswagen para fábrica de baterias elétricas

Governo canadense quer que a montadora alemã construa no país sua primeira fábrica de baterias para veículos elétricos fora da Europa

Por Agências
Publicado em 21 de abril de 2023 | 14:23
 
 
 
normal

O governo canadense concederá subsídios de até 13,2 bilhões de dólares canadenses (9,8 bilhões de dólares americanos, 49,4 bilhões de reais na cotação atual) ao longo de dez anos à montadora alemã Volkswagen para a construção de sua primeira fábrica de baterias elétricas fora da Europa, no Canadá.

"O investimento dependerá da quantidade de baterias fabricadas e ficará entre 8 bilhões e 13,2 bilhões de dólares (canadenses)", disse o primeiro-ministro Justin Trudeau em entrevista coletiva nesta sexta-feira (21). 

Esta fábrica criará "3 mil empregos diretos e até 30 mil empregos indiretos", disse Trudeau, referindo-se ao anúncio como um "avanço histórico". 

A Volkswagen anunciou em meados de março sua intenção de construir esta fábrica em Saint-Thomas, Ontario (centro-leste), tornando-se assim a primeira nova fabricante a se instalar no Canadá nos últimos 35 anos. 

O início da construção está previsto para o próximo ano.

Esta fábrica terá uma área equivalente a mais de 378 campos de futebol americano, tornando-se a maior unidade fabril do país. 

A abertura está prevista para 2027 e produzirá baterias “para até um milhão de veículos elétricos por ano”, segundo uma nota do gabinete do primeiro-ministro. 

“A fábrica de Saint-Thomas será uma referência nacional na cadeia de fornecimento de veículos elétricos”, acrescentou Trudeau durante uma coletiva de imprensa. 

(AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!