Família Real

Cartas íntimas da Princesa Diana são vendidas por quase R$ 900 mil em leilão

As correspondências foram enviadas pela ex-mulher do Rei Charles 3º para um casal de amigos

Por Agências
Publicado em 17 de fevereiro de 2023 | 19:56
 
 
 
normal

A tradicional casa de leilão Lay's Auctioneers, do Reino Unido, anunciou que uma coleção de 32 cartas íntimas da Princesa Diana foi vendida por US$ 169.663, aproximadamente R$ 900 mil.

As correspondências, escritas em um papel timbrado do Palácio de Kensington com a cifra real de Diana, foram enviadas pela ex-mulher do Rei Charles 3º para um casal de amigos, Susie e Tarek Kassem.

Classificadas como "altamente pessoais" e "confidenciais", as cartas registraram os últimos três anos de vida de Diana (1994 a 1997), que morreu aos 36 anos na madrugada de 31 de agosto de 1997.

Ela e o namorado, Dodi Al Fayed, morreram ao bater o carro em alta velocidade no túnel da ponte de l'Alma, junto ao rio Sena, em Paris, na França.

Susie e Tarek Kassem eram amigos próximos da mãe dos príncipes William e Harry e guardaram as cartas por quase 30 anos. Os dois decidiram vendê-las para apoiarem financeiramente algumas das instituições de caridade que eram ajudadas pelo casal e também por Diana. Os nomes das organizações não foram revelados.

A casa de leilões responsável pelo evento revelou ainda, em um comunicado, que os Kassem não venderam todo o acervo pessoal. Eles decidiram guardar algumas "cartas mais pessoais e confidenciais" da Princesa Diana.

(Folhapress)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!