violência

Escola foi advertida que menino de 6 anos poderia estar armado antes de atirar

O menino foi detido e colocado sob atenção médica; devido à sua idade, não é provável que sejam apresentadas denúncias contra ele

Por Agências
Publicado em 13 de janeiro de 2023 | 21:04
 
 
 

Uma escola de ensino fundamental dos Estados Unidos foi advertida de que um aluno de seis anos, que atirou contra sua professora, poderia ter uma arma, mas a mesma não foi encontrada durante uma revista em sua mochila, informaram as autoridades locais nesta sexta-feira (13).

Em um caso que deixou os americanos atônitos, apesar de estarem cada vez mais acostumados à violência armada, o aluno aparentemente escondeu a arma em outro lugar antes de atirar contra a professora na escola Richneck de Newport News, Virgínia, em 6 de janeiro.

A professora, Abigail Zwerner, de 25 anos, ficou gravemente ferida, mas sobreviveu ao ataque, e nenhum outro aluno ficou ferido.

O superintendente da escola, George Packer, comunicou aos pais na quinta-feira que um administrador havia sido informado da possibilidade de que o menino teria uma arma consigo, segundo Michelle Price, porta-voz das escolas da cidade.

Parker afirmou "que a mochila do estudante de 6 anos foi revistada por um funcionário da escola depois que recebeu a informação de que o estudante poderia ter uma arma. Nenhuma arma foi encontrada", declarou Price à AFP.

Parker não disse como a escola soube da arma, uma Taurus 9 mm, uma pistola popular para a defesa pessoal. 

Kelly King, porta-voz da polícia de Newport News, disse que um funcionário da escola foi notificado de uma possível arma de fogo na escola antes do disparo. Acrescentou que a polícia não foi informada da arma antes do incidente.

O menino, cuja identidade não foi revelada, foi detido e colocado sob atenção médica. Devido à sua idade, não é provável que sejam apresentadas denúncias contra ele, embora as autoridades considerem que ele agiu de forma intencional.

Seus pais, em contrapartida, poderiam enfrentar acusações por permitir que o menino tivesse acesso a uma arma.

(AFP)
                
 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!