Risco para a sociedade

EUA vão exigir que inteligência artificial proteja dados pessoais, diz Biden

O presidente dos Estados Unidos disse que o país não vai pegar leve com as empresas de IA

Por Agências
Publicado em 20 de junho de 2023 | 18:05
 
 
 

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta terça-feira (20), durante encontro com líderes da sociedade civil sobre inteligência artificial (IA), que o país não vai pegar leve com as empresas de IA, e que o governo vai "ser restritivo quanto ao uso de dados pessoais".

Ele reforça que os estudos sobre IA ainda estão começando, e que ainda é necessário administrar o risco das ferramentas para a sociedade e para a economia antes de permitir sua ampla adesão. "É preciso que a inteligência artificial seja segura, precisamos ter mecanismos que evitem o mau uso da informação", pontuou o presidente.

O encontro desta terça-feira, que aconteceu em São Francisco, na Califórnia, tinha a presença de peritos em proteção de dados e em inteligência artificial para debater formas dos EUA explorarem as oportunidades em IA e administrar os riscos para a sociedade norte-americana. (ESTADÃO CONTEÚDO)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!