Na Escócia

Homem admite ter dado cocaína para bebê de 2 anos

Escocês de 30 anos estaria cuidando do recém-nascido; mãe notou que criança estava estranha e comprovou presença de substância no organismo com exame no hospital

Por O Tempo
Publicado em 30 de setembro de 2022 | 16:48
 
 
 

Um homem de 30 anos admitiu ter dado cocaína para uma bebê de 2 meses de idade. O caso aconteceu em dezembro de 2020 em Perthshire, na Escócia, porém a admissão aconteceu nesta semana. 

Goe Wheeler, de 30 anos, confessou em corte que foi "culpado e imprudente ao permitir que a criança ingerisse cocaína e colocando em perigo a vida dela". A confissão foi realizada por meio do advogado do acusado. 

O incidente veio à tona quando a mãe da criança notou que o filho não estava bem e o levou para fazer alguns exames no hospital. Na instituição, confirmaram que havia presença de cocaína no corpo do recém-nascido. 

No início deste ano, Wheeler havia sido condenado a 80 horas de trabalho não remunerado para a comunidade depois de ser encontrado carregando uma faca em público. E, anteriormente, já foi apanhado com ecstasy. (Com informações de "The Sun") 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!