Estados Unidos

Jovem tem pés e mãos amputados após contrair pneumonia

O caso foi registrado em Tennessee (EUA).

Por O TEMPO
Publicado em 15 de setembro de 2023 | 14:31
 
 
 

Um adolescente, de 14 anos, teve as mãos e os pés amputados após contrair pneumonia. Mathias Uribe, que é pianista, começou a sentir sintomas semelhantes a uma gripe comum e ao ser levado ao hospital foi diagnosticado com a infecção que se instala nos pulmões e síndrome do choque tóxico. O caso foi registrado em Tennessee (EUA).

No hospital, o garoto sofreu uma parada cardíaca, a equipe médica conseguiu salvar a vida de Mathias, mas ele precisou ficar ligado em uma máquina de oxigenação por membrana extracorpórea (ECMO), que bombeia sangue por todo o corpo. 

Ao longo dos últimos dois meses, Mathias tem lutado por sua recuperação no Hospital Infantil Monroe Carrel Junior, em Vanderbilt. Seu pai, Edgar, explicou que "o fluxo sanguíneo não estava alcançando todas as suas extremidades, o que levou à necessidade de amputação de todas as quatro delas."

A Dra. Katie Boyle, líder da equipe médica de Mathias, trabalhou incansavelmente com seus colegas na tentativa de preservar ao máximo os membros do adolescento, apesar da condição rara que havia encontrado.Ela esclareceu que "às vezes, quando alguém pega uma gripe, pode desenvolver uma infecção bacteriana. No entanto, mesmo nesses casos, a maioria das crianças não fica tão gravemente enferma como Mathias."

A médica enfatizou que os pais de Mathias não tinham medidas preventivas a tomar antes das amputações. No entanto, ela aconselhou os pais a garantirem que seus filhos recebam a vacina contra a gripe e a monitorá-los quando estiverem doentes, observando sinais como febre alta, dificuldade para ingerir líquidos ou recusa em acordar enquanto dormem. Caso algum desses sintomas se manifeste, é crucial levá-los imediatamente ao hospital.

Até o momento, Mathias passou por mais de 10 cirurgias, com a equipe médica indicando que ele enfrentará mais procedimentos no futuro. Seus pais, Edgar e Catalina, mantêm a esperança de que, eventualmente, ele possa recuperar sua mobilidade com a ajuda de próteses após sua saída do hospital.

Com informações de The Mirror.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!