Sentença

Líder do Proud Boys, que invadiu o Capitólio, Joe Biggs é condenado a 17 anos

Pena é uma das mais longas pelo ataque à democracia dos EUA

Por Agências
Publicado em 31 de agosto de 2023 | 14:49
 
 
 

Joe Biggs, um líder da milícia Proud Boys, que conclamou uma "guerra" para manter Donald Trump na Presidência dos Estados Unidos, foi condenado a 17 anos de prisão nesta quinta-feira (31/08), uma das penas mais longas proferidas pelo ataque ao Capitólio, sede do Legislativo dos Estados Unidos, em 2021.

Os promotores disseram que Biggs foi uma figura-chave em uma "conspiração sediciosa" para anular à força a vitória eleitoral de Joe Biden, liderando os apoiadores de Trump no ataque de 6 de janeiro ao Congresso dos EUA.

(AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!