Tristeza

Mãe de luto morre 2 dias após o filho e comove cidade no interior da Austrália

Em uma publicação no Facebook, uma amiga de Elizabeth lamentou a tragédia e destacou que ela morreu de coração partido

Por Por agências
Publicado em 27 de novembro de 2022 | 16:48
 
 
 
normal

Uma pequena cidade no interior da Austrália vive clima de luto, após três pessoas morreram repentinamente em uma semana. Duas delas eram da mesma família, comovendo os moradores, que definiram a morte de uma mãe apenas dois dias depois do filho como sendo um caso de "coração partido".

Segundo o jornal inglês Daily Mail, a sequência de tragédias aconteceu em Coober Pedy, cidade de apenas 2 mil habitantes. Goran Ilich, 34, morreu em 12 de novembro e seu corpo foi encontrado por sua mãe, Elizabeth, que ficou profundamente abalada.

O jornal local Coober Pedy Regional Times fez uma homenagem a Ilich, afirmando que pessoas de diferentes faixas etárias o conheciam e tinham simpatia por ele. "Goran Ilich era popular entre os moradores. Ele tinha um charme natural e era bastante educado", diz o texto. A causa da morte do homem ainda não foi divulgada pelas autoridades locais.


Mãe também morre


A surpresa seguinte veio quando a mãe de Goran, Elizabeth Ilich morreu dois dias após o filho, na segunda-feira (14). Ainda abalada pela perda do filho, Elizabeth estava aflita. Ao acordar, ela alegou estar sentindo dores no peito e ligou para seus amigos para pedir ajuda. Uma ambulância foi chamada para a residência dela e a mulher foi encaminhada ao hospital. Contudo, ela não resistiu e morreu na unidade de saúde horas depois.

Em uma publicação no Facebook, uma amiga de Elizabeth lamentou a tragédia e destacou que ela morreu "de coração partido", pois não suportou a morte do filho. No texto, a mulher também informou que Elizabeth sofria de problemas cardíacos. Como a família Ilich era bastante querida na cidade, muitos residentes criaram uma página no site de vaquinhas GoFundMe para arrecadar dinheiro para o enterro da mãe e do filho. Além disso, a campanha também serviu para homenageá-los.

"Todos aqueles que interagiram com o Goran sabiam que ele era diferente, podia falar com qualquer um e encantava-os com o seu carisma e personalidade", diz o texto da campanha de fundos.


Terceira morte


A comunidade de Coober Pedy foi novamente surpreendida pela morte de um bombeiro, Jayden Watts, na sexta-feira (18). A causa da morte também não foi esclarecida. Devido à morte de três pessoas na mesma semana, os habitantes da cidade australiana manifestaram sua dor e incômodo nas redes sociais. Um deles declarou que aquela foi "uma semana horrível para a comunidade".

"Primeiro Goran Ilich, alguns dias depois sua mãe, Elizabeth e, em apenas alguns dias, Jayden Watts. Este ano serviu para dizermos o último adeus a muitos de nossos amigos e vizinhos Meus pensamentos e orações vão para todos vocês", escreveu um usuário.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!