INCOMUM

Mulher de 53 anos casa-se com filho adotivo de 22, e gera polêmica

Aisylu Chizhevskaya Mingalim revelou que planeja deixar a região com seu novo marido e com outros cinco filhos adotivos

Por O Tempo
Publicado em 27 de outubro de 2023 | 14:32
 
 
 
normal

Uma mulher de 53 anos se casou com o filho adotivo, que tem 22 anos, na República do Tartaristão, na Rússia. A união aconteceu em um restaurante em Kazan e vem gerando polêmica entre as autoridades locais do lugar onde a união aconteceu. 

Aisylu Chizhevskaya Mingalim revelou que planeja deixar a região com seu novo marido e com outros cinco filhos adotivos. O local para onde pretende ir é Moscou, onde, segundo ela, poderá viver "livremente". 

O marido, identificado como Daniel Chizhevsky, foi adotado pela atual esposa quando tinha 14 anos. Ela o conheceu em um orfanato em que ela lecionava aulas de canto. 

"Quero dizer a todos, não escondam os seus sentimentos, fiquem com aqueles sem os quais não conseguem viver, sejam todos felizes! Mesmo aqueles que nos escrevem insultos todos os dias", postou o jovem nas redes sociais. 

Com o anúncio do casamento, autoridades locais solicitaram que Aisylu perdesse a guarda dos outros filhos adotivos. Além deles, ela tem um filho biológico de um casamento antigo. 

(Com informações de "Daily Mirror")

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!