França

Mulher fica 6 meses fora de casa e acha corpo em decomposição dentro de parede

Polícia foi chamada para investigar um forte cheiro de alvejante e a presença de moscas na cozinha após uma reforma feita na residência

Por O TEMPO
Publicado em 11 de julho de 2023 | 13:38
 
 
 
normal

Após passar seis meses na Argélia, uma mulher encontrou um corpo de um homem em decomposição, dentro da parede de sua cozinha, ao voltar para casa onde mora, em Paris, na França. A informação foi divulgada pela polícia francesa nesta segunda-feira (10/7).

Conforme as autoridades, no período que estava em viagem, a casa da mulher ficou aos cuidados de um casal que seria responsável pela reforma no local. Ao retornar, constatou que, durante sua ausência, havia sido construída uma nova parede na cozinha, com um metro e meio de comprimento e 40 cm de largura, que não fazia parte do projeto.

Além da construção indevida, a mulher também notou um intenso odor de alvejante, uma enorme presença de moscas e decidiu acionar a polícia. 

Durante a vistoria da casa, os investigadores decidiram a parede e notaram a presença de larvas e outros insetos. Em seguida, os agentes encontraram o corpo de um homem em estágio de decomposição, posicionado em posição fetal e envolto em um plástico.

A proprietária da residência informou que possuía apenas o nome do pedreiro que poderia ter realizado a obra. A polícia encontrou o telefone dele no local. 

Uma necropsia está marcada para ocorrer ainda nesta semana, informou a promotoria de Bobigny, na periferia norte de Paris. O caso é acompanhado pelo Ministério Público da região que apurar o possível homicídio.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!