aliado da rússia

Presidente bielorrusso zomba da saída do McDonald's do país

A partir de 22 de novembro, o McDonald's de Belarus passará a operar com o nome de Vkusno i Tochka

Por Agências
Publicado em 18 de novembro de 2022 | 11:39
 
 
 

O presidente bielorrusso, Alexander Lukashenko, zombou nesta sexta-feira (18) da saída da rede americana de fast-food McDonald's de seu país, que será substituída por uma empresa russa. "Também sabemos como cortar o pão em dois e colocar um pedaço de carne, batatas fritas e salada nele", disse Lukashenko. 

A partir de 22 de novembro, o McDonald's de Belarus passará a operar com o nome de Vkusno i Tochka (Delicioso. Ponto), a rede russa que assumiu os restaurantes do grupo americano na Rússia.

"Graças a Deus, que vá embora!", disse o presidente durante um encontro com funcionários do setor agroalimentar. "Temos que fazer nós mesmos o que o McDonald's costumava fazer", acrescentou. 

A franquia de restaurantes KSB Victory, que opera restaurantes McDonald's em Belarus, anunciou em 11 de novembro que em breve mudaria seu nome para Vkusno i Tochka, como na Rússia. 

Os primeiros restaurantes com esse nome abriram na Rússia em 12 de junho, substituindo o McDonald's, que deixou o país após a ofensiva da Rússia contra a Ucrânia em 24 de fevereiro. Belarus é o único aliado da Rússia nesse conflito.

(AFP)
 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!