preciosidade

Raridade: Diamante rosa estimado em R$ 180 milhões vai a leilão; veja fotos

Gema é considerada uma das mais raras do mundo e um refúgio para os investidores

Por Agência
Publicado em 29 de março de 2023 | 11:07
 
 
 
normal

O Eternal Pink, um raro e belo diamante rosa-púrpura de 10,57 quilates, será a estrela do leilão de Joias Magníficas da Sotheby's, em 8 de junho, em Nova York, com um valor estimado de US$ 35 milhões (cerca de R$ 180 milhões).

Com lapidação almofadada e sem imperfeições internas da mina de Damtshaa, em Botswana, essa gema é considerada a quintessência do rosa, com cor e brilho incomparáveis. Chega ao mercado como o diamante rosa-violáceo mais valioso já leiloado. 

"Suas linhas refinadas combinadas com a intensidade de sua cor lhe conferem um lugar como uma das gemas mais extraordinárias do mundo", explica o vice-presidente-executivo e chefe de laboratório e pesquisa do Instituto Gemológico da América (GIA), Tom Moses. 

Segundo a Sotheby's, a peça pode ser comparada a "obras-primas de arte, muito mais raras que um Magritte, ou um Warhol".  Os diamantes rosa são as gemas mais raras e procuradas no mercado global e um refúgio para os investidores. 

O recorde de leilão desse tipo de pedra preciosa é do CTF Pink Star, vendido por US$ 71,2 milhões em Hong Kong, em 2017. Já o Williamson Pink Star, vendido por US$ 57,7 milhões também em Hong Kong, em 2022, ostenta o recorde de preço mais alto por quilate, fixado em quase US$ 5,2 milhões. (AFP) 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!