Descontrole

Rebelião em prisão de Mianmar deixa um morto e mais de 60 feridos

O motim na prisão de Pathein começou depois que os guardas confiscaram o celular de um detento

Por Agências
Publicado em 07 de janeiro de 2023 | 09:15
 
 
 

Um preso foi morto e mais de 60 ficaram feridos em uma rebelião em uma prisão de Mianmar, anunciou a junta militar do país neste sábado(7). 

O motim na prisão de Pathein, a oeste de Yangon, começou depois que os guardas confiscaram o celular de um detento na noite de quinta-feira (5) e tomaram medidas disciplinares, informou a junta em nota. 

Um preso morreu e outros 63 ficaram feridos, além de dois policiais e nove guardas, acrescentaram as autoridades. Cerca de 70 prisioneiros escaparam de suas celas e causaram danos às instalações na manhã de sexta-feira (6)

Eles usaram paus, tijolos e pedaços de cimento para atacar as forças de segurança, segundo a junta. As autoridades tentaram controlar a situação, mas as negociações falharam e tiveram de recorrer à força.

"As autoridades dispararam para dispersar a multidão", disse o comunicado. A mídia local afirma que o morto era um preso político. O serviço birmanês da BBC disse que ele foi acusado de terrorismo. 

A junta anunciou que vai investigar o incidente. 

O golpe militar de 1º de fevereiro de 2021, que derrubou o governo da líder civil Aung San Suu Kiy e provocou grandes protestos e uma repressão sangrenta, encerrou um breve período de liberdade neste país do Sudeste Asiático. 

Na semana passada, a junta anunciou que libertaria mais de 7.000 prisioneiros para marcar o 75º aniversário da independência de Mianmar do Reino Unido. 

Mais de 2.700 pessoas foram mortas desde que os militares assumiram o poder e mais de 13.000 foram detidas na repressão aos dissidentes, de acordo com um grupo de monitoramento local. 

Segundo a Human Rights Watch, as prisões birmanesas são conhecidas por suas duras condições e pelo suposto uso de tortura.

(AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!