Custo

Reino Unido cobra R$ 1.800 para repatriar cada britânico em Israel

Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido alega que valor vai custear operação em voos comerciais; Brasil, que já transportou mais de 700 passageiros, não cobra por esse tipo de resgate

Por Agências
Publicado em 13 de outubro de 2023 | 19:24
 
 
 
normal

Cidadãos britânicos que precisarem de resgate das áreas de conflito do Oriente Médio terão que desembolsar 300 libras pela passagem (R$ 1.800). A informação foi divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido nesta quinta-feira (12).

O país alega que o valor é para cobrir o custo da operação. "Cidadãos britânicos vulneráveis serão priorizados. Entraremos em contato diretamente com os elegíveis para os voos. Os cidadãos britânicos não deverão dirigir-se ao aeroporto a menos que sejam chamados", disse a pasta, em nota.

O Brasil, que já tem no ar o quarto voo de repatriação e ao todo já transportou mais de 700 passageiros, não cobra por esse tipo de resgate. (Agência ANSA)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!