Guerra

Rússia acusa Ucrânia de bombardear a central nuclear de Zaporizhzhia

O exército da Rússia acusou neste domingo a Ucrânia por novos bombardeios na área da central nuclear de Zaporizhzhia

Por Agência
Publicado em 20 de novembro de 2022 | 09:52
 
 
 
normal

O exército da Rússia acusou neste domingo a Ucrânia por novos bombardeios na área da central nuclear de Zaporizhzhia, sul do território ucraniano, mas afirmou que o nível de radiação permanece "dentro das normas".
 
Kiev "não para suas provocações destinadas a criar uma ameaça de catástrofe provocada pelo homem na central nuclear de Zaporizhzhia", afirmou o exército em um comunicado. 
 
No sábado e domingo, as forças ucranianas dispararam mais de "20 projéteis de grande calibre" contra a central, a maior da Europa, segundo a nota.
 
Os projéteis explodiram entre os blocos número 4 e 5 e atingiram o teto de um "edifício especial" próximo aos blocos, acrescenta o texto. Apesar dos bombardeios, "o nível de radiação na área da central permanece dentro da norma", insiste o comunicado.
 
A Rússia, que executa uma ofensiva na Ucrânia desde 24 de fevereiro, ocupa militarmente o território da central. O presidente russo, Vladimir Putin, reivindicou a anexação da região, assim como de outros três territórios ucranianos.
 
Rússia e Ucrânia trocam acusações há vários meses sobre bombardeios na área da central nuclear, que está sob controle russo. 

(AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!