Breno Galante

Breno Galante

Breno Galante é jornalista e publica sobre o dia a dia e os bastidores do Atlético

OPINIÃO

Milito sabe falar a linguagem os jogadores; confira a análise de Breno Galante

A experiência de muitos anos atuando como jogador tem ajudado e muito ao treinador no entendimento e no trato diário com os jogadores do Galo

Por Breno Galante
Publicado em 14 de maio de 2024 | 14:03
 
 
 

Não é novidade para ninguém que Milito, com toda sua humildade, competência e os resultados em campo, conquistou a torcida e os jogadores do Atlético.

Claro que o entendimento de Milito sobre a grandeza do que representa o Galo, e também a sede do treinador por títulos, ajudou muito nesse processo.

Milito tem o perfil e a cara do treinador que o Atlético tanto procurava.

Mas tem outro detalhe importantíssimo que merece destaque aqui: Milito é um treinador que fala a linguagem do jogador. É o famoso “boleiro”.

A experiência de muitos anos atuando como jogador tem ajudado e muito ao treinador no entendimento e no trato diário com os jogadores do Galo.

O fato de ter jogado em grandes clubes gera um respeito ainda maior por parte dos jogadores em relação ao treinador argentino.
Isso ficou mais claro ainda na entrevista coletiva que Hulk concedeu em Montevidéu, antes do jogo contra o Penãrol.

O atacante ao ser questionado se estava incomodado com o fato de estar sendo substituído em quase todos os jogos foi enfático: disse que Milito é um cara que sabe conversar com os jogadores, que por ter sido um ex-jogador entende muito bem o pensamento de todos e que dessa forma as coisas ficam muito mais fáceis no dia a dia.

Hulk ainda destacou a experiência de Milito dentro das quatro linhas como jogador e deixou claro que, desde a primeira semana do argentino no Galo, ele conquistou a confiança de todos os jogadores que compraram a sua ideia de jogo.

Essa proximidade de Milito com os jogadores é muito perceptível para nós que trabalhamos no dia a dia do Atlético e que viajamos para cobrir o time. 

Já vi, em vários momentos, tanto antes quanto depois dos jogos, o treinador abraçado com um determinado jogador tendo uma conversa em particular com o mesmo. Milito faz questão de expressar para cada jogador o seu respeito e carinho. Trata-os como se fossem filhos. Tanto na hora de dar atenção e carinho, como na hora das cobranças também. 

O treinador pega pesado nos treinos, cobrando sempre muita intensidade de todos, e faz questão que os jogadores se doem nos treinos da mesma maneira que fazem nos jogos. Talvez esse seja um dos segredos do treinador. Manter todos os jogadores em alto nível e motivados, mesmo aqueles que não estão sendo titulares ou que não têm entrado muito nos jogos.

Mesmo não tendo muito tempo para treinar, Milito sabe resolver as coisas por uma boa conversa. Sempre está aberto para o diálogo e o mais importante, é um treinador que sabe ouvir. 

O reflexo de tudo isso estamos vendo dentro de campo com o crescimento do Atlético desde a sua chegada e, hoje, o Galo é tido por toda a imprensa nacional com um dos times favoritos em todas as competições que disputa.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!