AUXILIAR GERAL

Fabrício cita '6 a 1' ao falar sobre motivação em trabalhar no Cruzeiro; veja

Ex-jogador retorna ao clube estrelado para atuar com os jovens atletas

Por Gabriel Moraes
Publicado em 11 de junho de 2024 | 09:41
 
 
 

Mais novo contratado do Cruzeiro, mas para atuar fora das quatro linhas, Fabrício Sousa afirmou que há anos não se sentia tão motivado com um trabalho. Em suas primeiras palavras como auxiliar técnico geral das categorias de base, o ex-jogador lembrou da histórica goleada por 6 a 1 sobre o rival Atlético, quando ele fazia parte da equipe e marcou um dos gols.

"Motivação é total por voltar a vestir essa camisa. Desde o dia 4 de dezembro de 2011 que eu não me sentia tão motivado. Estou super empolgado para começar a trabalhar e ajudar a formar os meninos para jogarem e representarem essa camisa", disse o profissional de 41 anos nas redes sociais.

Aquele jogo, válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro e que salvou a Raposa do rebaixamento para a Série B, foi a despedida de Fabrício do clube. Após aquilo, o então volante teve passagens por times como São Paulo e Vasco da Gama, mas se tornou cruzeirense de 'arquibancada'.

Fabrício atuará diretamente com os atletas de todas as categorias, do sub-20 para baixo. Ele estará a cargo de Adilson Batista, que também possui histórico no Cruzeiro e retornou à Toca da Raposa para dirigir a base.

"Quero mostrar para eles a grandeza desse clube, dessa torcida, onde eles estão pisando. Quero ajudá-los a realizar o sonho deles. Eu vivi isso. Jogar futebol é a melhor coisa do mundo. Espero que eles se tornem excelentes jogadores. Trabalharei para isso", concluiu.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!