Premier League

Arsenal marca dois nos acréscimos, vira sobre Aston Villa e desencanta no Inglês

Equipe se recupera, após três tropeços seguidos, e agora seca o Manchester City para se manter na liderança

Por Agências
Publicado em 18 de fevereiro de 2023 | 12:00
 
 
 
normal

Foi no sufoco, com dois gols nos acréscimos do segundo tempo, mas o Arsenal desencantou no Campeonato Inglês. Após três tropeços seguidos e a perda da liderança para o Manchester City na rodada passada, o time de Mikel Arteta fez 4 a 2 no Aston Villa, após ficar duas vezes em desvantagem no placar. Uma bomba de Jorginho que bateu no travessão e voltou na cabeça do Martínez antes de entrar, contra, e um gol de Martinelli em contragolpe sem goleiro, definiram a gigante vitória no Villa Park, em Birmingham.

Em um belo jogo, repleto de oportunidades de gols de ambos os lados, o Arsenal festejou aliviado a volta das vitórias na competição. Subiu para os 54 pontos e ainda neste sábado (18) secará o Manchester City em visita ao Nottingham Forest, para dormir novamente na liderança.

Com derrotas para Everton e Manchester City, além do empate com o Brentford, o Arsenal entrou em campo no Villa Park sob enorme pressão após não apenas desperdiçar a gordura de oito pontos, mas ao perder a liderança para o City nos critérios de desempate - ambos fecharam a rodada passada com 51 pontos.

Mikel Arteta optou por mexer no ataque. O brasileiro Gabriel Martinelli perdeu a vaga para Trossard, enquanto Jorginho era esperança no meio pelo quarto jogo seguido. Curiosamente, o time não ganhou mais desde que o ex-jogador do Chelsea assumiu a vaga

Para piorar a situação, o Aston Villa abriu o placar logo aos cinco minutos. Batida forte e cruzada de Watkins. Com pressão da torcida local, o Arsenal tinha de se reorganizar para evitar mais um vexame após largada arrasadora no Inglês.

Nketiah quase empatou aos 12. Quatro minutos mais tarde, o artilheiro Saka não desperdiçou. Pegou o rebote e mandou forte, no alto, sem chances para o goleiro campeão mundial Emiliano 'Bidu' Martinez. Com o famoso "estou aqui", o inglês celebrou seu nono gol na competição.

Quando a virada parecia óbvia, o Aston Villa encaixou bela jogada e voltou à frente do placar com gol de Philippe Coutinho. Trama pela esquerda e Alex Moreno cruzou para a área, Buendía deixou a bola passar por entre duas pernas, enganou a marcação e o brasileiro mandou para as redes para desencantar na temporada

Recebido pelo brasileiro com um aperto de mãos nos vestiários do Villa Park, o ator Tom Hanks foi à loucura nas arquibancadas com o gol de Philippe Coutinho para seu time de coração.

No retorno do segundo tempo, mais um susto para o Arsenal: Saka sentiu uma pancada e ficou bastante tempo recebendo atendimento. Na volta, não conseguia correr. Mancava, acusando a lesão. Seguiu no sacrifício e viu Nketiah carimbar o travessão. Logo depois, em cobrança de escanteio curto, Odegaard encontrou Zinchenko livre. O ucraniano chutou forte, de fora da área, para empatar.

Unai Emery resolveu tirar o brasileiro Philippe Coutinho para tentar resgatar o fôlego no meio e manter a invencibilidade contra o Arenal - jamais havia perdido para o time de Londres. Os contragolpes eram a arma do Aston Villa, enquanto os visitantes buscavam, com tudo, a virada.

Nketiah saiu na cara de Martinez e exagerou no toque por cobertura. E Odegaard perdeu chance incrível aos 32. Após roubada de bola na área, o norueguês recebeu, livre, e bateu para fora. As mãos na cabeça explicavam o tamanho da oportunidade perdida. Arteta, do lado de fora, também mostrava-se incrédulo.

O Aston Villa ainda carimbou o travessão com Bailey, enquanto o 'dolorido' Saka parou no goleiro após belo passe de Jorginho. O brasileiro naturalizado italiano definiria a dura e gigante virada aos 48 minutos do segundo tempo. Ele ergueu o braço pedindo a bola, recebeu e soltou a bomba de fora da área. A bola bateu no travessão, na cabeça de Dibu Martínez, e entrou. Ainda deu tempo de Gabriel Martinelli ampliar, aos 52, em contragolpe sem goleiro, já que Martínez estava na outra área tentando o empate.

(Estadão Conteúdo)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!